Destaque, Penafiel, Sociedade

Penafiel comemora 252 anos da Elevação a Cidade

O Município de Penafiel vai comemorar os 252 anos da Elevação da Vila de Arrifana de Sousa a Cidade de Penafiel no próximo dia 3 de março, sendo que a dinamização de iniciativas vai prolongar-se ao longo de todo o mês.

O destaque é naturalmente o dia de aniversário – 3 de março -, cuja programação se inicia logo pela manhã, às 9h30, com o simbólico hastear da bandeira da cidade e, às 11h00, tem lugar, na Igreja Matriz, a Eucaristia em honra dos autarcas e funcionários falecidos.

A Sessão Solene Evocativa do 252º Aniversário da Elevação a Cidade de Penafiel vai realizar-se às 15h00, no Museu Municipal. Como habitual, a Cerimónia vai contar com atribuição de medalhas honoríficas: as Medalhas de Ouro do Concelho de Penafiel e as Medalhas de Mérito Municipais Douradas.

Por sua vez, no dia 4 de março, a Biblioteca Municipal celebra o seu 27º aniversário com a inauguração da exposição “Penafiel na História de Portugal (Des)conhecida”, às 11h00, com a inauguração da exposição de pintura de Ana Loureiro “Joaquim Santos, o rei do rali português”, às 21h00, precedida pela apresentação, por Germano Silva, do livro “O Círculo Eleitoral de Penafiel (1911-1925)”, de António José Queiroz, com momento musical de guitarra e flauta a cargo de Daniel Lemos e João Ferreira. A partir desta data e após as intervenções que o edifício sofreu recentemente, a Biblioteca Municipal de Penafiel reabre oficialmente ao público.

Já no sábado, dia 5, a Praça da Escritaria, no Sameiro, vai receber o concerto do Toy. Momento que contará também com fogo de artifício.

No programa “Penafiel Cidade há 252 anos” está já incluído o Dia Municipal do Bombeiro, com o habitual desfile das corporações de Bombeiros Voluntários de Penafiel, Paço de Sousa e Entre-os-Rios a decorrer a 13 de março. Também a Gala dos 25 anos da Associação de Futebol Amador de Penafiel, no dia 18, e a iniciativa de reflorestação do Alto da Pegadinha, nos dias 21 e 22, fazem parte da agenda.

Ao longo de março, o Museu e a Biblioteca Municipais vão acolher vários outros eventos. No dia 7, pelas 21h00, o Museu Municipal será palco da conferência evocativa do 50º Aniversário do nascimento do poeta Daniel Faria, por Arnaldo Saraiva e Rosa Faria, e, no dia 12, pelas 15h00, da inauguração de pintura de Carolina Serpa Marques, e conferência “As (des)igualdades de género em Portugal”, por Maria Clara Sottomayor. Ainda no Museu Municipal, vai realizar-se a conferência “Podas nas árvores: o que podemos ou não fazer?”, por Luís Miguel Martins, no dia 25, às 18h, e, no dia 26, às 18h00, a inauguração da exposição “Júlio Resende: portas da perceção”.

Por outro lado, a Biblioteca Municipal recebe, no dia 11, pelas 21h00, o lançamento da edição “Anais de Penafiel III”, de J. F. Coelho Ferreira, com apresentação de Alberto S. Santos e momento musical pelo Grupo de Guitarras de Penafiel. 

De recordar que Penafiel, antes vila de Arrifana de Sousa, foi elevada a cidade pela mão de D. José I no dia 3 de março de 1770, para que aqui se pudesse fixar a sede de um novo bispado que a política pombalina queria destacar do território da poderosa mitra portuense. Penafiel é, desta forma, uma das cidades mais antigas do país.

Se precisa de uma agência de marketing digital? Pode verificar a Livetech

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.