Lousã, Sociedade

Lousã investe em Rede de Desfibrilhação Automática Externa

A Câmara Municipal da Lousã está a implementar uma Rede Concelhia de Desfibrilhação
Automática Externa (DAE), um investimento de 35.600€.

Integrada no Programa Nacional de Desfibrilhação Automática Externa, a primeira fase de
implementação contemplou a aquisição de 15 equipamentos DAE, que irão ser instalados em
10 Escolas, 2 Pavilhões Desportivos, na Piscina Municipal, no Parque Municipal de Exposições
e Edifício dos Paços do Concelho, num total de 15 edifícios públicos.

Paralelamente à aquisição de equipamentos, a formação de operacionais DAE iniciou-se no dia
7 fevereiro de 2022 e conta com 15 ações, capacitando cerca de 90 pessoas com formação
certificada em SBV – Suporte Básico de Vida.

Reconhecendo a importância determinante dos equipamentos DAE na expectativa do aumento
significativo da probabilidade de sobrevivência das vítimas de fibrilhação ventricular, este
investimento pretende garantir uma maior proximidade e rapidez na resposta em situação de
fibrilhação ventricular, criando condições que reforcem a cadeia de sobrevivência.

Para Luís Antunes, este investimento “representa um acréscimo relevante na resposta a
situação de emergência médica desta especificidade no Concelho, uma área particularmente
sensível”. O Presidente da Câmara adiantou ainda que “nesta primeira fase foram escolhidos
estes 15 equipamentos públicos, porque são espaços com elevada presença de pessoas e
muitas atividades, existindo a perspetiva de alargar a outros equipamentos e espaços
públicos”. A finalizar Luís Antunes destacou que “o número de pessoas que – através da
formação certificada – ficam habilitadas a utilizar os DAE”.

Precisa de calçado ortopédico verifique na Lola

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.