Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Proteção Civil da Póvoa de Lanhoso realizou um simulacro

Elementos dos Serviços Municipais de Proteção Civil e o vereador Ricardo Alves acompanharam, no terreno, um simulacro, que decorreu na freguesia da Póvoa de Lanhoso.

Este exercício realizou-se no dia 20 de outubro, com início pelas 15h00, nas instalações da Unidade Autónoma de Gás da empresa Sonorgás, em Mirão.

Este simulacro consistiu na simulação de uma fuga de gás liquefeito num dos reservatórios desta unidade, tendo como objetivo testar os procedimentos de emergência internos da empresa, definidos no âmbito da sua política de segurança, bem como testar os procedimentos de acionamento dos diversos agentes de proteção civil do concelho da Póvoa de Lanhoso, nomeadamente, Bombeiros, GNR e Serviços Municipais de Proteção Civil.

Além dos diversos agentes, também participou na observação do exercício um elemento do executivo municipal, liderado por Frederico Castro, o qual tomou posse no passado dia 18 de outubro.

De acordo com o Decreto-lei n.º 150/2015, de 5 de agosto, a Sonorgás, S.A. (UAG de Póvoa de Lanhoso), segundo a Diretiva Seveso III, está classificada como um estabelecimento de Nível inferior de perigosidade e como tal está sujeita à obrigatoriedade de realização de exercícios de Simulacro com periodicidade bianual.

Se precisa de Agência de branding pode falar com a Livetech

Faça tratamento dos dentes com laserterapia na Medway

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *