Sociedade, Trofa

Município da Trofa apoia cuidadores informais

O seu reconhecimento garantiu a integração do Município da Trofa na Rede de Autarquias que Cuidam dos Cuidadores Informais e tem reforçado a aposta do Município na área social. O serviço prestado pelo “Cuidar – Projeto de Apoio ao Cuidador Informal” apoia já 35 cuidadores no Concelho e continua a alargar a sua resposta aos munícipes com este estatuto.

Foi em 2014, numa reunião do Conselho Metropolitano de Vereadores de Ação Social, que o Município da Trofa demonstrou interesse na implementação do projeto “Cuidar de Quem Cuida”, em parceria com a CASTIIS (Centro de Assistência Social à Terceira Idade e Infância de Sanguinhedo), um projeto dedicado à intervenção junto de cuidadores informais de pessoas com Alzheimer/demência.

O projeto avançou e dedicou-se sobretudo à aplicação de um Programa Psico-Educativo que decorreu entre 2014 e 2016. Após uma pausa dedicada à melhoria do projeto, o mesmo surgiu recuperado e renovado em 2019, passando a intitular-se “Cuidar – Projeto de Apoio ao Cuidador Informal”.

Com a mesma base, o projeto sofreu alterações significativas, destacando-se o alargamento a todos os cuidadores informais do Concelho, independentemente da problemática associada, e não apenas a cuidadores informais de pessoas com Alzheimer/demência.

Os apoios e as medidas disponibilizados pela Autarquia Trofense neste âmbito, também aumentaram.

Atualmente, o Projeto Cuidar disponibiliza um conjunto de serviços e medidas de apoio diversificado, nomeadamente a informação e o aconselhamento, o apoio psicológico, grupos de partilha, definição de Programas Psicoeducativos para Capacitação dos Cuidadores, serviços de bem-estar e momentos de pausa e uma bolsa de cuidadores. Através deste projeto, a Câmara Municipal da Trofa apoia a diferentes níveis, até ao momento, 35 Cuidadores Informais.

Ao longo de vários anos de trabalho desenvolvido, a equipa tem constatado que, no Concelho da Trofa, à semelhança de outros concelhos, os principais problemas com que os cuidadores informais se deparam são, de uma forma geral, as sobrecargas, tanto emocionais e físicas como financeiras.

Com base nesta constatação, e perante a importância deste projeto e a sua abrangência, a Autarquia investiu na articulação entre as entidades da Rede Social do Concelho. Assim, existem um conjunto de entidades parceiras, nomeadamente: Câmara Municipal da Trofa; as Unidades de Saúde; a APPACDM; a Irmandade da Santa Casa da Misericórdia da Trofa; a Associação Muro de Abrigo; o Centro Social e Paroquial de São Mamede do Coronado.

Paralelamente, o projeto “Cuidar” conta com uma equipa técnica constituída por Enfermeiro, Psicólogo, Educador Social, Assistente Social e Jurista.

Se é cuidador informal, saiba que pode solicitar apoio no Gabinete de Apoio ao Cuidador Informal, criado pela Câmara Municipal no Fórum Trofa XXI, dirigindo-se presencialmente ao espaço ou contactando o Gabinete através do 252 409 290 ou do e-mail [email protected] .

Se precisa de Agência de E-commerce pode ver a Livetech

O seu filho precisa de ir a um odontopediatria? Pode marcar já a sua contulta na Medway

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *