Mangualde, Sociedade

Loja Social de Mangualde completa nove anos de existência

A Loja Social de Mangualde completa hoje nove anos de existência. É uma das respostas da Ação Social do Município e visa atenuar as situações de pobreza/exclusão social e criar redes de proximidade entre agentes públicos e privados, que permitam promover a interajuda, dar respostas e encontrar soluções para situações de carência diagnosticadas quer pelo Serviço de Ação Social e Saúde, quer pelos outros parceiros da Rede Social.

Maria José Coelho, vereadora da Ação Social da Câmara Municipal de Mangualde, destaca que “há 9 anos inaugurámos a Loja Social com objetivos sociais bem determinados. Hoje, sentimos um grande orgulho nessa determinação e no trabalho realizado em parceria com as instituições públicas, privadas e com a comunidade. Ao longo destes anos já ajudámos muitas pessoas e é nessa caminhada de interajuda que nos identificamos e que marcamos presença para ajudar quem mais precisa, duma forma solidária, justa, altruísta e sempre na perspetiva do bem comum. Parabéns à nossa Loja Social, parabéns a todas/os que colaboram connosco e nos ajudam!”

MAIS DE TRÊS CENTENAS DE AGREGADOS APOIADOS

A Loja Social tem vindo a registar uma forte dinâmica, assumindo especial relevância para a comunidade tendo apoiado, desde o seu início até à presente data, mais de 300 agregados familiares, num total de cerca de 1000 pessoas beneficiárias.

Os seus grandes objetivos são promover a melhoria das condições de vida da população através da atribuição/distribuição de bens, potenciar o envolvimento da sociedade civil, empresas e de todos os cidadãos, contribuir para a melhoria das condições de vida do tecido populacional em situação de maior vulnerabilidade, promover novas parcerias aprofundando o trabalho em rede já existente e potenciar a integração social e a efetivação dos direitos à cidadania.

É um projeto de desenvolvimento social local, que assenta numa lógica de participação e iniciativa e que pretende mobilizar/envolver a Comunidade, através da angariação de bens e do voluntariado, no sentido de proteger e melhorar a vida dos cidadãos mais vulneráveis, através de um trabalho em Rede.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *