Grândola, Sociedade

Programas de Envelhecimento Ativo de Grândola retomam atividades

Mais de metade dos 475 alunos inscritos nos Programas Universidade Sénior e Programa Viver Solidário já regressaram às atividades presenciais.

Estas atividades estavam suspensas desde o início de janeiro, devido à pandemia e aos sucessivos confinamentos impostos pelo governo português. Durante esse período foram distribuídos pelos alunos os Cadernos Seniores Ativos em Casa.

Com a necessária segurança e o cumprimento estrito das regras de saúde foram retomadas as atividades letivas, em sala, da USG – Alfabetização, Artes decorativas, Aula de Acordeão, Cantinho dos Segredos, Cidadania, direitos e deveres, Desenvolvimento Pessoal, Desporto Sénior, Ensaio da Tuna, Estimulação Cognitiva, Gerontomotricidade, Informática, e Zumba Gold.  De igual modo, nas 12 localidades rurais que integram o Programa Viver Solidário iniciaram-se as iniciativas presenciais de atividade física, animação e ensaio do grupo coral.

O município, em parceria com entidades locais e o apoio de professores voluntários, concretiza estes dois projetos dirigidos à população sénior do concelho de Grândola, com o objetivo de promoção e ocupação de tempos livres, para uma velhice mais ativa e com mais qualidade de vida. Na Universidade Sénior os alunos podem inscrever-se desde os 50 anos e no Programa Viver Solidário com 60 anos, ou mais.

O ano letivo 2020/2021 foi prolongado até 9 de julho com atividades permanentes e pontuais.

Se precisa de Empresa de web design pode ver a Livetech

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.