Sociedade, Trofa

Trofa entre os 10 Municípios com maior desempenho de potencial ciclável

A Trofa está entre os 10 Municípios com maior desempenho no ranking de potencial ciclável. O estudo que apurou estas conclusões foi desenvolvido pelo CITTA e reforça o desenvolvimento e a aposta do Município na mobilidade sustentável, nomeadamente através da construção de ciclovias.

É uma notícia que reforça o desenvolvimento da Trofa no que toca à mobilidade sustentável, tornando-a uma referência entre o Grande Porto e destaque a nível nacional. O Município integra o TOP 10 dos Municípios com maior desempenho no ranking de potencial ciclável, segundo um trabalho do Centro de Investigação do Território, Transportes e Ambiente (CITTA), que é um polo de investigação da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

“Esta é uma conclusão que muito nos orgulha e que reconhece as boas práticas do município no que à mobilidade sustentável diz respeito, entre elas o investimento que a Câmara Municipal da Trofa tem levado a cabo para o efeito, nomeadamente a construção de ciclovias, que está em marcha”, explica o Presidente da Câmara Municipal da Trofa, Sérgio Humberto.

O estudo científico investigou o país de lés a lés e concluiu que o Grande Porto lidera a revolução das bicicletas com o maior valor bruto ciclável, num top 10 que além da Trofa integra os concelhos de Matosinhos, Gaia e Gondomar.

De referir que, a par da fomentação dos modos suaves, nomeadamente através das Bicicletas Urbanas da Trofa e das Trofinetes, o Município tem feito um grande investimento em ciclovias.

No terreno estão a Distribuidora Principal 21 – Rede Ciclável da Trofa, via estruturante e diferenciadora que vai proporcionar a reorganização profunda do trânsito no cendro da cidade, num investimento de cerca de 1,2 milhões de euros e ainda a Ciclovia Norte – Corredor Ciclável da Trofa, que vai ligar a Interface Ferroviária ao Parque das Azenhas, passando pela Escola Professor Napoleão Sousa Marques e pelo Aquaplace – Academia Municipal da Trofa, uma obra que envolve um investimento de cerca de 950 mil euros.

Na linha da vontade de fomentar a descarbonização do Município, está em curso a obra da Ciclovia do Coronado, um corredor ciclável e pedonal com uma extensão de 2,5 km, que vai ligar o Largo da Feira Nova (S. Mamede do Coronado) à Estação Ferroviária (S. Romão do Coronado) e resulta de um investimento da Câmara Municipal no valor de cerca de 4 milhões de euros.

Se precisa de empresas de web design pode consultar a Livetech

Clínica dentaria para a aplicação de Facetas Dentárias pode consultar a Medway

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *