Destaque, Sociedade, Torres Vedras

Torres Vedras com Centro de Artes e Criatividade

O Centro de Artes e Criatividade de Torres Vedras foi inaugurado este domingo, dia 25 de abril. O equipamento cultural dedicado ao Carnaval dá a conhecer esta expressão cultural, que se manifesta em várias partes do mundo, mas também a história e as características do Carnaval de Torres Vedras.

A inauguração teve início com a bênção do edifício pelo Padre Vítor Melícias, a que se seguiu o descerramento da placa inaugural.  Coube à ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, ao Secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, à presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Centro, Isabel Damasceno, ao presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, e ao pequeno folião Afonso Maria Gomes descerrar a placa inaugural.

As intervenções tiveram início com o presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, que apontou o Centro de Artes e Criatividade como “um espaço de referência”, que se pretende que “dê um contributo importante à nossa Cidade”. O presidente recordou o trabalho desenvolvido ao longos dos anos para regenerar a Cidade, nomeadamente as intervenções no centro histórico e no Parque do Choupal, a que se junta, agora, este novo equipamento, “que tem como objetivo promover as Artes e a Cultura”.

Para os Reis do Carnaval de Torres Vedras, com a inauguração deste equipamento, “os foliões passam a ter um espaço onde podem recordar e viver o seu Carnaval em qualquer altura do ano”. Como testemunho da sua satisfação, suas Altezas Reais decidiram ceder ao museu o ceptro real, “o qual ficará a fazer parte integrante da exposição permanente”.

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, referiu que o Centro de Artes e Criatividade, para além de ser uma celebração do Carnaval de Torres Vedras, é “um investimento nos torrienses”, através de um “espaço que vai ter uma ligação muito especial às empresas, às associações locais, aos artistas, aos empreendedores e à inovação”. Para a ministra da Coesão Territorial este novo equipamento cultural “não é um exemplo isolado”, estando integrado num conjunto de iniciativas desenvolvidas pela “autarquia para promover a arte local e democratizar o acesso a algo tão importante como a Cultura”.

asda

A cerimónia prosseguiu com uma visita às exposições temporária e permanente, que foi pontuada por intervenções performativas levadas a cabo pela associação Ilú. A visita passou também pela cafetaria do espaço, a Foliateca, e terminou na loja.

Carnaval: Ritos, Artes e Criatividade é a exposição permanente do Centro de Artes e Criatividade, que se centra numa multiplicidade cultural que tem como denominador comum o Carnaval, dando a conhecer mais de 30 carnavais de 7 regiões do mundo. Também a história e as características do Carnaval de Torres Vedras têm lugar na exposição permanente, que apresenta conteúdos históricos e pedagógicos originais.

Já a primeira exposição temporária do equipamento, intitulada Carnaval Desenhado, exemplifica a diversidade e transdisciplinaridade das artes que confluem para a expressão qualitativa carnavalesca. Através do seu processo criativo, a mostra dá a conhecer como 3 escultores e 3 cartunistas de renome mundial desenvolvem o seu trabalho — da ideia e objetivos da mensagem até ao objeto artístico final.

Localizado na Encosta de São Vicente, o Centro de Artes e Criatividade está no centro do Programa Encosta – Regeneração Urbana e Social da Encosta de São Vicente, que consiste num conjunto de intervenções estruturantes que incidem sobre espaço público, equipamentos, habitação e mobilidade.

A construção deste equipamento, que resulta da reconversão do antigo Matadouro Municipal, conta com financiamento pelo Programa Operacional Regional do Centro, Portugal2020 e União Europeia por intermédio do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *