Economia, Seixal

Menos de 1 milhão de euros na tarifa da água, saneamento e resíduos sólidos do Seixal

A Câmara Municipal do Seixal aprovou  em reunião de câmara, a redução da tarifa integrada de água, saneamento e resíduos sólidos para apoiar as famílias e a economia do concelho. O presidente da Câmara Municipal do Seixal, Joaquim Santos, referiu a este propósito que “esta é mais uma das medidas de apoio que o município presta às famílias e ao tecido económico local, perante os constrangimentos decorrentes do estado de emergência em vigor”. Haverá, desta forma, uma redução de 20% nas tarifas do consumo de água, saneamento e resíduos sólidos, entre 1 de abril e 30 de junho, abrangendo todos os consumidores domésticos e não domésticos. O autarca acrescentou ainda que “com esta medida, o município abdica de cerca de 1 milhão de euros a favor das famílias, instituições e empresas, pois entendemos que a realidade decorrente da pandemia tem imposto dificuldades acrescidas às famílias e à atividade económica, que viram os seus rendimentos diminuídos”. Recorde-se que, segundo um estudo publicado pela DECO em 2020, «o município do Seixal, cuja água é de excelente qualidade, tem das tarifas mais baixas de água, saneamento e resíduos das áreas metropolitanas de Lisboa e Porto».

 Ainda em relação às medidas de apoio no âmbito da covid-19, foi aprovada a prorrogação da suspensão da cobrança e a isenção do pagamento de diversas taxas, até ao próximo dia 30 de junho, para todas as micro e pequenas empresas. Foi também aprovada a criação de um regime excecional com vista a isentar os arrendatários do parque habitacional municipal, com quebras de rendimento em virtude da pandemia, dos valores das rendas sociais. A medida abrange cerca de 1120 famílias, que veem a isenção do pagamento das rendas até 30 de setembro.

Nesta reunião de câmara, foi também aprovada a adjudicação para a empreitada da construção do futuro Cemitério Municipal de Fernão Ferro, pelo valor de 578 654,75 euros. No associativismo, foi aprovado um financiamento de 200 mil euros ao Clube de Praticantes de Voleibol Lobatos Volley, para apoio à construção do Pavilhão Desportivo Municipal Cidade de Amora. Foi também aprovado o apoio de 82 640,29 euros ao Centro Cultural e Recreativo do Alto do Moinho para a substituição da cobertura do edifício-sede. O executivo municipal aprovou ainda um apoio de 48 600 euros ao movimento associativo cultural, que em virtude da pandemia viu a sua atividade ser extremamente reduzida, afetando também a sua estabilidade económica. A Câmara do Seixal irá pagar no mais curto prazo estes apoios financeiros para ajudar as instituições culturais do concelho.

Se precisa de Agência de design gráfico pode ver a Livetech

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *