COVID-19, Porto de Mós

Porto de Mós com Centro de Vacinação Municipal para a Covid-19

Amanhã, dia 19 de fevereiro, irá dar-se início à vacinação no concelho de Porto de Mós para pessoas com idade superior ou igual a 80 anos e para as pessoas com 50 ou mais anos com doenças associadas, incluídas na 1ª fase, no Pavilhão Municipal de Porto de Mós onde está implementado o Centro de Vacinação Municipal para a Covid-19.

No primeiro dia serão vacinadas cerca de 100 pessoas, com idade igual ou superior a 80 anos, de acordo com o critério idade, definido pelas autoridades de saúde, iniciando-se pelos mais velhos das freguesias de Porto de Mós e do Alqueidão da Serra.

No sábado, dia 20 de fevereiro, terá início a vacinação para as pessoas com 50 ou mais anos, seguindo o mesmo critério e com pelo menos uma das seguintes patologias: Insuficiência cardíaca; Doença coronária; Insuficiência renal (TFG <60ml/min); Doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC); doença respiratória crónica sob suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração. Serão vacinadas cerca de 230 pessoas das freguesias de Porto de Mós, Alqueidão da Serra, Pedreiras, Juncal e Calvaria de Cima, podendo, ainda, ser chamadas pessoas de outras freguesias.

O Centro de Vacinação Municipal para a Covid-19 conta com a presença de uma equipa médica, uma equipa de enfermagem, uma equipa de apoio logístico e os bombeiros voluntários, de modo a garantir as melhores condições para a concretização do procedimento da vacinação.

À medida que houver disponibilização de vacinas para o concelho de Porto de Mós, a vacinação será estendida aos restantes utentes de todas as freguesias, estando prevista a descentralização do Centro Municipal de Vacinação para a Covid-19 para esse efeito.

Os contactos são feitos telefonicamente pelos Centros de Saúde. Assim, pedimos que esteja atento ao seu telefone. Durante o contacto a pessoa é questionada sobre a intenção de vacinação e o agendamento da mesma.

Se precisa de empresa de email marketing pode ver a Livetech

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *