S. João da Madeira, Sociedade

Projeto comunitário Habitus reforça coesão social em S. João da Madeira

A Câmara Municipal de S. João da Madeira, através da sua divisão de Ação Social e Inclusão, é a promotora do projeto comunitário Habitus, que decorre no concelho desde 2018, com especial incidência nas zonas de Fundo de Vila/Orreiro e Parrinho/Mourisca, tendo como entidades executoras três associações do concelho: Mentemovimento, Ecos Urbanos e Centro de Cultura e Desporto (CCD).

Financiada pelo Fundo Social Europeu inserido no programa regional NORTE 2020 do quadro financeiro PORTUGAL 2020, esta iniciativa tem como objetivo “o desenvolvimento de competências pessoais e sociais, promovendo uma melhoria da qualidade de vida, bem-estar, igualdade de acesso a oportunidades, para restabelecer ou contribuir, de forma sustentada, para o sentimento de pertença à comunidade”.

O relatório relativo ao trabalho realizado nesse âmbito ao longo de 2019, segundo ano da execução deste programa que se iniciou em 2018, foi agora apresentado pela respetiva equipa técnica ao Presidente da Câmara, Jorge Vultos Sequeira, e às vereadoras Irene Guimarães (Educação e Saúde) e Paula Gaio (Ação Social e Inclusão), numa sessão que teve lugar no Salão Nobre da autarquia e que contou também com a presença de João Figueiredo, da direção da associação Mentemovimento.

O programa Habitus está dividido em diferentes eixos de Intervenção – Unidade Sócio-Ocupacional; Parentalidade Positiva; Mediação Jovem; Expressão Artística –, sobre os quais incidiu a apresentação efetuada, especificando ações concretizadas, como é o caso das oficinas de expressão artística e sócio ocupacionais, em áreas como a dança, animação de rua, fotografia, o cinema, a música e a informática, entre outras, que registaram cerca de 2.500 participações.

Se precisa de Agência de branding pode falar com a Livetech

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *