Sociedade, Vizela

Universidade do Minho efetuou uma vistoria técnica ao Castelo de Vizela

O departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho efetuou ontem uma vistoria técnica ao edifício do Castelo, no seguimento do incêndio, no sentido de definir as medidas de segurança a adotar naquele espaço.

De realçar que, no seguimento do incêndio que deflagrou no edifício do Castelo, a Câmara Municipal solicitou um estudo ao departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho, no sentido de aferir as condições de segurança e estabilidade do edifício, e de forma a garantir que não existe perigo de derrocada.

De realçar que o incêndio que deflagrou no edifício do Castelo é uma situação preocupante e que teve a intervenção dos Bombeiros Voluntários de Vizela.

Assim, o objetivo deste estudo é efetuar uma avaliação técnica da estrutura do edifício, no sentido de assegurar a segurança, nomeadamente a necessidade de adoção de medidas de prevenção e precaução.

Este majestoso edifício, conhecido como “Castelo”, situado na freguesia de S. João, foi construído no início do Séc. XX, por volta de 1905, a mando do Dr. Armindo de Freitas Ribeiro de Faria, com o objetivo de aí se virem a estabelecer os Paços do Concelho.

Este importante legado é sem dúvida alguma um marco importante na história de Vizela, uma vez que resultou de uma luta persistente do Dr. Armindo Faria, político e médico, pela autonomia administrativa da sua terra natal – Vizela.

Este edifício, com mais de cem anos de existência, continua a ser extremamente emblemático, considerado como um símbolo da luta das gentes de Vizela.

Se precisa de empresa de email marketing pode ver a Livetech

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *