COVID-19, Vizela

Juntas de freguesias de Vizela com 5000 máscaras para entregar

Na sequência do surto da nova estirpe de coronavírus SARS-COV-2, responsável pela doença COVID-19, o Município de Vizela, em consonância com as diretrizes decorrentes do Estado de Emergência Nacional, implementou, ao longo dos últimos meses, um conjunto de medidas excecionais de ordem preventiva e restritiva, com âmbitos temporais e de aplicação diferenciados, designadamente para combater o surto e evitar a transmissão da doença na comunidade, assim como estimular a recuperação económica e assegurar a proteção social.

Neste sentido, e no seguimento do Plano de Desconfinamento do Governo no âmbito do combate à pandemia, o Município de Vizela encontra-se a implementar um conjunto de medidas de reforço e apoio direto à população, tendo em vista uma reabertura gradual e faseada do confinamento que deverá ser prudente e progressiva e, acima de tudo, dentro dos possíveis protegida, criando condições para esbater a propagação do surto associada a esta nova realidade.

Dentro deste Plano de Desconfinamento, a Câmara Municipal distribuiu cerca de 100.000 máscaras pela população, IPSS’, BVV, Centro de Saúde, comércio e escolas, sendo que 60.000 foram distribuídas pelos CTT por todas as habitações do Concelho, num kit composto por quatro máscaras e um folheto de como as utilizar corretamente.

Entretanto, e porque se detetaram algumas falhas nesta distribuição, a Câmara Municipal vai entregar em todas as juntas de freguesia kits de máscaras, num total de 5000 máscaras, pelo que os munícipes que não receberam essas máscaras nas suas habitações podem dirigir-se à sua junta de freguesia para efetuar o levantamento das mesmas.

De destacar que esta é uma medida que integra o Programa de Apoio Municipal – VIZELA COVID-19, um conjunto de medidas que visam assegurar o combate ao surto, o estímulo à recuperação económica e a proteção social, sem prejuízo de, em face da sua avaliação e da evolução do surto epidémico, as mesmas poderem ser revistas, intensificadas ou revogadas, consoante se revelem necessárias para ajudar quem mais precisa e para retomar, tão rapidamente quanto possível, o fulgor que caracteriza o concelho de Vizela.

Se precisa de Empresa de SEO pode ver a Livetech

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *