Educação, Seia

Computadores e hotspots para alunos sem possibilidades económicas de Seia

As medidas estão englobadas num pacote mais amplo de apoios sociais e económicos definidos pela autarquia – programa Seia Consigo – para minorar os impactos negativos da pandemia de Covid-19.

A iniciativa abrange alunos que não dispõem de internet e computadores pessoais e que cumulativamente não dispõem de possibilidades económicas para os adquirir, depois de auscultar as necessidades no universo de alunos dos dois agrupamentos de escolas do concelho.

No total a autarquia adquiriu 65 computadores portáteis e, no sentido de permitir o acesso à internet, 50 dispositivos móveis (Hotspots), com planos tarifários de 75 Gb, um investimento na ordem dos 30 mil euros.

Os equipamentos serão entregues através dos agrupamentos escolares e cedidos aos alunos, a título de empréstimo, por um período de três meses, findo o qual a medida será reavaliada.

Filipe Camelo, Presidente da Câmara Municipal de Seia, frisou “que a realidade atual exige a adoção de medidas, em estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e outros mecenas, no sentido de evitar que se acentuem as desigualdades”.

“Mesmo não se tratando de uma competência direta da Câmara Municipal, este é um compromisso assumido por todos, tendo em vista garantir a igualdade de oportunidade no acesso ao ensino”, destacou o autarca

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *