Educação, Estarreja

29 alunos de Estarreja com bolsas de estudo

No âmbito da aposta nas políticas de juventude e da disponibilidade financeira do Município, a Câmara Municipal de Estarreja aprovou o aumento, para 12, do número de novas bolsas de estudo do ensino superior e politécnico, bem como a lista definitiva de bolsas de estudo atribuídas para a edição de 2019/2020, no total de 29 (12 novas bolsas e 17 renovações). Atendendo à crise de saúde e consequente crise económica associada, a autarquia decidiu adiantar o pagamento integral do valor as bolsas, que habitualmente são pagas em prestações mensais.

Considerando o estado de emergência nacional, este ano não se realizou a habitual sessão presencial de entrega das bolsas de estudo. Contudo, a Câmara Municipal marcou este momento, recorrendo às novas tecnologias, numa sessão online que decorreu no início deste mês, com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina, e do Vereador da Educação, João Alegria.

Diamantino Sabina transmitiu aos jovens o “apelo que costumo deixar sempre! Que sejam determinados nos seus estudos e nas suas vidas, pois são eles os pilares do nosso futuro. Ainda mais agora, quando o futuro é algo incerto e não sabemos muito bem o que nos espera. É a tenacidade e a perseverança destes jovens que ajudará a moldar a sociedade do futuro.”

Com a 11.ª edição deste programa, a Câmara Municipal de Estarreja já atribuiu um total de 192 bolsas aos estudantes estarrejenses.

Destinado a estudantes dos 17 aos 25 anos residentes no concelho, este programa anual prevê a atribuição de 10 novas bolsas, com um valor mensal até 125€ (consoante o escalão), durante um período de 10 meses, correspondente ao ano letivo. O programa prevê ainda a possibilidade de renovação de bolsas atribuídas em edições anteriores. As candidaturas decorrem em novembro.

A educação e formação dos jovens estarrejenses são essenciais para o desenvolvimento económico e social do concelho e da região.

Sem prejuízo do contributo de todos, desde logo da família e da escola, incumbe também às autarquias locais, especiais responsabilidades na educação e ensino dos jovens, não podendo as diferenças económicas e sociais, serem fatores impeditivos do acesso à educação e à formação.

Em nome destes princípios, a Câmara Municipal de Estarreja assume como constituindo sua obrigação estimular e motivar os jovens para estudarem, contribuir para a construção individual dos seus percursos formativos, ajudar à sua formação qualificada e financeiramente apoiar todos aqueles que, não obstante as suas capacidades, são economicamente desfavorecidos.

Se precisa de uma Empresa de Marketing Digital pode ver a Livetech

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *