Oliveira de Azeméis, Ovar, Sociedade

Ramada Aços junta-se à Simoldes na produção de viseiras

Mais de 200 mil viseiras em acrílico serão produzidas e oferecidas aos profissionais de saúde nas próximas semanas no âmbito de um projeto que envolve diversas empresas nacionais e dinamizado pela APIMA (Associação Portuguesa das Indústrias de Mobiliário e Afins).

Seguindo este mote, o projeto recolheu a adesão de diversas empresas dos mais distintos setores: desde o mobiliário, passando pelos polímeros até ao aço. E neste sentido, o Ramada Aços associou-se ao Grupo Simoldes nesta missão.

O Grupo Simoldes, empresa que se dedica à fabricação de moldes de injeção para a indústria de plásticos, tomou a iniciativa de desenvolver um molde e injetar os suportes plásticos das viseiras, permitindo um aumento substancial da capacidade produtiva.

Apesar de o Ramada Aços estar impedido de laborar devido ao estado de calamidade, recentemente renovado no concelho de Ovar, não podia deixar de apoiar a comunidade com o aço essencial para as aplicações hospitalares, tais como as viseiras.Na primeira oportunidade em que foi autorizado pelas entidades camarárias retirar material da sede, foi dada alta prioridade em carregar aço especial oriundo da Suécia (Uddeholm) para este projeto.

Esta operação permitiu que o Grupo Simoldes iniciasse a produção do molde em tempo recorde. Os suportes das viseiras começaram a ser produzidos passado 4 dias. Veja aqui o resultado final:

O Grupo Simoldes e o Ramada Aços estão a colaborar, novamente, para a execução de mais um molde de viseira.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *