Turismo, Vizela

Recipientes para servir Bacalhau à Zé do Pipo entregues pela Câmara de Vizela

No seguimento da estratégia de dinamização do Concelho, essencialmente para criar Vizela como destino turístico, o Presidente da Câmara Municipal vai entregar os recipientes próprios para servir o Bacalhau à Zé do Pipo, nomeadamente a assadeira de barro e respetiva tábua, no sentido de padronizar a apresentação do prato, assim como as placas alusivas ao prato típico para serem colocadas na fachada exterior de cada um dos restaurantes do Concelho.

A cerimónia terá lugar no próximo dia 2 de maço, às 16.00h, na sala de exposições Joaquim da Costa Chicória, na Loja Interativa de Turismo.

Neste dia, terá ainda lugar a apresentação da iniciativa Fim de Semana Gastronómico de Vizela, levada a cabo pela Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal e a Câmara Municipal de Vizela, e que contará com a participação de vários restaurantes de Vizela.

De destacar que, no seguimento da nova estratégia de consolidação da imagem e identidade do Concelho de Vizela como destino turístico privilegiado, a Câmara Municipal implementou um novo prato típico, o Bacalhau à Zé do Pipo, um prato com história em Vizela e hoje um elemento de elevada relevância na promoção da gastronomia vizelense.

De realçar que a gastronomia vizelense se traduz num dos pontos fundamentais do Plano Municipal de Turismo, numa aposta num triângulo dourado de sabores, sempre tendo por base aquilo que faz parte da identidade do nosso Concelho: o bolinhol, o vinho verde e o bacalhau.

Assim, com a dinamização do prato típico Bacalhau à Zé do Pipo, a Câmara Municipal de Vizela pretende que, nos muitos restaurantes do Concelho, os visitantes possam desfrutar, para além de refeições que são autênticas experiências da gastronomia regional, também do Bacalhau à Zé do Pipo, que é agora o prato identificativo da gastronomia vizelense.

Se precisa de empresa de email marketing pode ver a Livetech

Marque a sua consulta de psicologia na clinica Medway

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *