Cultura, Destaque, Matosinhos

Orquestra Jazz de Matosinhos convida Lluc Casares

Pela primeira vez, a Orquestra Jazz de Matosinhos convidou um jovem músico espanhol para atuar no Ciclo Novos Talentos.

O saxofonista catalão Lluc Casares, de 29 anos, é presença assídua nos principais festivais da Europa, como o Festival de Jazz do Mar do Norte, Montreux Jazz Festival, Marciac Jazz Festival, Middelheim Jazz, Middelheim Jazz, Baloise Session e Terrassa Jazz Festival, entre outros.

Dedicado à música desde tenra idade, Lluc Casares passou pela Escola Superior de Música da Catalunha, fez o mestrado no Conservatorium Van Amsterdam, onde teve aulas com Ferdinand Povel. Durante esse período, fez um intercâmbio de meio ano na Temple University (Filadélfia), onde estudou com o saxofonista Dick Oatts. Seguiu-se o prestigiado programa “Artist Diploma” da Juilliard School em Nova York, sob a direção de Ben Wolfe e Wynton Marsalis.

Ao longo de sua carreira, Lluc Casares tocou com músicos como Dr. John, Nicholas Payton, Frank Wess, Phil Woods, Lee Konitz, Jon Faddis, Jesse Davis, Arturo Sandoval, Wendell Brunious, Grant Stewart, Ben Van Gelder ou Benjamin Herman.

O concerto da Orquestra Jazz de Matosinhos com Lluc Casares terá lugar no próximo dia 2 de novembro, pelas 22h00, no Teatro Municipal de Matosinhos- Constantino Nery.

O ponto de partida para este espetáculo é o mais recente disco do músico catalão “Sketches Overseas”, eleito o Melhor Álbum de Jazz de 2018.

O sucessor do disco de estreia “Red” (2015) conta com as participações de Joel Ross, Philip Dizack, Addison Frei, Mark Lewandowski e Francesco Ciniglio.

Deste álbum serão retirados “Maferefun” e “340 Blues”, apresentados neste concerto com novos arranjos para big band. Do repertório da Orquestra Jazz de Matosinhos, Lluc Casares escolheu composições de Pedro Guedes e Carlos Azevedo, mas também música assinada por Thad Jones, George Russell e Jim McNeely (com um arranjo de “Up From The Skies”, do guitarrista Jimmy Hendrix). Destaque ainda para o tema “Isfahan”, de Duke Ellignton e Billy Strayhorn.

O Ciclo Novos Talentos surgiu em 2014, com o apoio da Câmara Municipal, com a missão de revelar alguns dos melhores talentos da nova geração do jazz português. Desde então, deixaram a sua marca neste projeto nomes como Sofia Ribeiro e Rita Maria (cantoras), Ricardo Toscano, João Mortágua e José Soares (saxofonistas), João Pedro Coelho e Gonçalo Moreira (pianistas), Mané Fernandes (guitarrista), Eduardo Cardinho (vibrafonista) e João Barradas (acordeonista).

Depois deste concerto com Lluc Casares, a Orquestra Jazz de Matosinhos regressará a Espanha. Depois de quatro anos como orquestra residente do Voll-Damm Festival Internacional de Barcelona, irá estrear-se em Madrid, apresentando-se no CaixaForum Madrid no dia 10 de novembro.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *