Évora, Sociedade

Projeto Pocityf reúne pela primeira vez em Évora

As cidades europeias envolvidas no Projeto Pocityf (Positive Energy CITY Transformation Framework), que visa tornar as cidades mais inteligentes e mais sustentáveis, com a aplicação de um conceito novo, o de áreas energeticamente positivas, estão hoje reunidas, pela primeira vez, na Fundação Eugénio de Almeida.

Financiado pela União Europeia, através Programa Horizonte 2020, o POCITYF, que tem 46 parceiros de 12 países europeus, como autarquia, universidades e empresas, vai implementar as suas soluções em Évora e na cidade holandesa de Alkmaar.

Estas são “cidades-farol”, onde serão desenvolvidas, implementadas e monitorizadas as soluções do projeto, as quais serão replicadas nas cidades de Granada (Espanha), Bari (Itália), Celje (Eslovénia), Ujpest (Hungria), Ioannina (Grécia) e Hvidovre (Dinamarca).

O investimento total ascende a 22,5 milhões de euros, destinado na sua maioria às duas “cidades-farol”, Évora e Alkmaar, beneficiando a cidade alentejana de 9,8 milhões de euros.

A sessão de abertura da reunião de hoje foi presidida pelo vereador Alexandre Varela, a que assistiu também o vereador Eduardo Luciano. Para além de dar a boas-vindas as representantes da cidade envolvidas, o autarca eborense realçou a importância do projeto para a cidade que terá três áreas energeticamente positivas, nomeadamente o centro histórico, o Polo da Mitra da Universidade de Évora e a povoação de Valverde, e uma zona industrial e comercial da cidade.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *