Desporto

850 ciclistas sentiram a emoção da Volta em Dia de Descanso

Dia de Descanso na Volta a Portugal é sinónimo de jornada cicloturista. É assim todos os anos e desta vez foi o
concelho da Guarda a receber esta terça-feira, 6 agosto, a “Etapa da Volta Via Verde RTP”, uma iniciativa dedicada
aos amantes da bicicleta. Cerca de 850 pessoas alinharam nesta iniciativa lado a lado com o antigo corredor Marco
Chagas, o autarca guardense Carlos Chaves Monteiro e o padre Ismael Teixeira, conhecido como Iron Priest, e o
triatleta Bruno Pais. Os participantes viveram as emoções dos corredores profissionais ao serem recebidos no centro
da cidade mais alta de Portugal pelas mesmas estruturas que, todos os dias, a organização monta nas etapas da
Volta. Entre os participantes e os familiares e amigos que se deslocaram à Guarda apenas para esta jornada
cicloturista, sem contar com as movimentações da própria Volta a Portugal, há um registo que ultrapassa as 1000
pessoas. “É um impacto económico muito significativo para o município além de toda a promoção que podemos
fazer do nosso território”, expressou Carlos Chaves Monteiro, o autarca da Guarda.

Os vencedores da 13ª Etapa da Volta Via Verde RTP

O percurso de 70 quilómetros visitou alguns dos fantásticos cenários da região da Serra Estrela, com partida e
chegada ao Largo General Humberto Delgado, na Guarda. Entre os participantes masculinos sagrou-se vencedor
Ricardo Lameira, natural de Vila Real. Satisfeito, o cicloturista que desempenha funções na GNR, falou na sensação
de cruzar a meta em primeiro lugar. “Ainda ontem [5 agosto] vi chegarem os nossos ídolos aqui através da
televisão. Hoje, viver esta jornada e também chegar aqui despois de fazer toda a subida foi uma emoção
realmente muito grande. Quem pratica sabe o que é subir, mas quando nos vemos em cima da bicicleta, no esforço
máximo das nossas capacidades, percebemos que é um desafio enorme, mas é sempre um prazer chegar ao fim e
concluir um objetivo.”

Esta não foi a primeira participação de Ricardo Lameira nesta iniciativa, tal como aconteceu com a primeira mulher a
alcançar a meta da 13ª edição da “Etapa da Volta Via Verde RTP”, uma organização da Podium Events e do
município da Guarda. Liliana Jesus, vice-campeã nacional de maratonas BTT, foi a vencedora e aproveitou a ocasião
para chamar outras mulheres para a prática desportiva. “Estamos a atravessar uma fase de crescimento no ciclismo
feminino, portanto todas somos precisas para ajudá-lo a crescer ainda mais. Participar na Etapa da Volta é sempre
bom, é uma prova que gosto imenso por isso deixo o convite a mais mulheres para viverem esta experiência.”

Volta recomeça em Torre de Moncorvo com novas emoções

Após o dia de repouso, a 81ª Volta a Portugal Santander é retomada esta quarta-feira com uma partida em Torre de
Moncorvo, município que não recebia a prova desde 1931 quando se correu a segunda edição. A derradeira fase
competitiva começa com a 6ª etapa, de 184,6 quilómetros, que atravessa o nordeste transmontano e vai terminar
com uma longa reta de meta em Bragança. Gustavo Veloso é o homem da Camisola Amarela e entre os cinco
primeiros classificados, onde estão os principais rivais do espanhol da W52-FC Porto, há apenas 45 segundos. Vêm aí
novas emoções, entre outras, com as subidas da Serra do Larouco (Montalegre) e da Senhora da Graça (Mondim de
Basto). Para trás foram percorridos 876 quilómetros distribuídos pelo Prólogo e por cinco etapas. Para chegar ao
Porto, onde a Volta vai terminar 30 anos depois, restam outras cinco tiradas com pouco mais de 650 quilómetros. Os italianos da Amore & Vita somaram duas vitórias (1ª e 5ª etapas) e o coletivo português W52-FC Porto ganhou o Prólogo, em Viseu, e as restantes tiradas.

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *