Estarreja, Tecnologia

Campeão Nacional de FIFA 19 é de Estarreja

Gonçalo Troppez Brandão vence torneio na sua primeira época como profissional. O Município de Estarreja congratula-se com o feito e recebe-o hoje, no Edifício dos Paços do Concelho, reconhecendo a dimensão desta conquista.

O “vício” dos videojogos vem desde tenra idade. Gonçalo Brandão – ou Gonçalo Troppez Brandão como é reconhecido no mundo dos jogos virtuais –, iniciou este seu percurso desde que lhe compraram a PlayStation11, “a partir daí cresceu o bichinho pelos jogos de futebol e em especial, pelo FIFA”. A princípio o jogo vinha pela diversão mas, entretanto, apareceu a oportunidade de encarar este “desporto” numa vertente mais profissional.

Diz que “é um desporto que exige alguma dedicação, onde os momentos de forma são de extrema importância, logo convém ir jogando frequentemente”. O treino faz parte desta rotina e do caminho para o sucesso. O Gonçalo dedica entre 1 a 2 horas por dia durante a semana e um pouco mais no fim-de-semana para alcançar estes níveis exibicionais. Hoje é o Campeão Nacional desta modalidade.

Foi uma época com inúmeros torneios de menor relevância, onde foi ganhando jogos e com isso a experiência necessária para alimentar o objetivo de se qualificar para a Grande Final no Altice Arena. Em meados de abril já era um dos 8 finalistas do torneio Ultimate Challenge. O título de Campeão Nacional de FIFA 19 chega em junho. Hoje diz que este título, em ano de estreia enquanto jogador profissional, recusa-se a acreditar na dimensão do feito e qualifica-o como sendo “algo indescritível e muito gratificante. Cheguei como um desconhecido e saí vencedor, contra todas as expetativas, incluindo as minhas próprias”.

Hoje, estudante dedicado na Licenciatura em Economia do Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa, tenta conciliar os dois mundos, admitindo que nem sempre é fácil esta conciliação, para mais quando se avizinha um projeto de Erasmus na Croácia: “vamos ver como corre! Tenho planos de manter a minha forma a nível nacional e conseguir qualificar-me para os palcos internacionais, algo que procuro há algum tempo mas que agora considero ser uma ambição realista.”

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *