Castro Verde, Sociedade, Turismo

Castro Verde comemora 880 anos da Batalha de Ourique

Castro Verde é o local histórico da Batalha de Ourique e, este ano, vai promover a celebração do 880º aniversário desse “pilar” da nossa história com um programa que contará com as presenças da Secretária de Estado da Defesa Nacional, Ana Santos Pinto, e do Bispo das Forças Armadas, D. Rui Valério, que assim voltará a Castro Verde, onde foi pároco durante vários anos.

As celebrações decorrerão no dia 25 de julho (quinta-feira), organizadas pela Câmara Municipal de Castro Verde, em conjunto com a Direção de História e Cultura Militar e o Regimento de Infantaria nº 1 de Beja.  O programa tem início às 9h00, na Praça do Município (Jardim do Padrão), marcado pela receção, com honras militares, da Secretária de Estado da Defesa Nacional e restantes autoridades civis e militares. Segue-se a Romagem ao Padrão e Cerimónia Militar, no sítio de S. Pedro das Cabeças, onde decorrerá o hastear da Bandeira Nacional, a deposição de flores e a homenagem aos mortos em combate.

As Comemorações prosseguem depois no Largo da Feira, em Castro Verde, com a realização de uma Missa Campal, pelas 10h45, presidida pelo Senhor Bispo das Forças Armadas, D. Rui Valério. Este momento assinala um regresso muito especial a Castro Verde, onde D. Rui Valério foi padre durante vários anos, assumindo na altura uma ligação afetiva marcante com toda a comunidade.

Depois da missa, as comemorações prosseguem, às 11h30, com a realização do Juramento de Bandeira do 6º Turno de 2019 da Brigada de Reação Rápida (BrigRR), numa cerimónia que juntará cerca de 60 militares do Regimento de Infantaria nº 1 de Beja.

As Comemorações do 880º Aniversário da Batalha de Ourique representam para Castro Verde um momento de grande afirmação e orgulho da sua história e, por outro lado, a afirmação marcante da nossa identidade. Neste contexto, as celebrações que se promovem são um convite público para que toda a população homenageie na rua o momento decisivo que, no dia 25 de julho de 1139, no nosso concelho, determinou a consagração de Afonso Henriques como primeiro rei de Portugal.

Se precisa de empresa de criação de conteúdo pode ver a Livetech

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *