Albergaria-a-Velha, Sociedade

Utentes da APPACDM de Albergaria-a-Velha sobem ao palco com Sexto

O Município de Albergaria-a-Velha apresenta, no próximo domingo, a sexta edição do Pontes Sonoras, um projeto que promove a inclusão social através da música. No palco do Cineteatro Alba, pelas 17h00, seniores da Oficina Trauteias e Rodopias do Programa Idade Maior e estudantes da Jobra Educação vão juntar-se a utentes da APPACDM para criar o espetáculo Sexto, onde se constroem ligações entre vários estilos e formas de expressão.
Tal como os portugueses criaram pontes pelo mundo, vão ser feitas pontes sonoras pelo mundo da música portuguesa. Ao todo, 70 vozes vão recordar canções tradicionais e outras mais recentes, com um cunho pessoal em cada interpretação a promover a riqueza da diversidade. Cada música carrega em si o potencial para se transformar em algo completamente diferente, o que antecipa uma tarde cheia de surpresas.

O projeto Pontes Sonoras promove o desenvolvimento de diferentes competências nos/as utentes da APPACDM, nomeadamente o aumento da concentração, o controlo dos momentos de silêncio, a coordenação motora e o trabalho em equipa. Os espetáculos anuais têm sido apresentados em vários espaços culturais da região, destacando-se as presenças na Casa da Música do Porto, no Centro de Artes e Espetáculos de Sever do Vouga e no Quartel das Artes, em Oliveira do Bairro.

O Pontes Sonoras é uma das faces mais visíveis do programa Incluir+, uma iniciativa do Município de Albergaria-a-Velha, que visa promover a inclusão social da população com deficiência. No âmbito do programa, criado em 2014, a autarquia promove, de forma regular, sessões de expressão musical, atividade física adaptada e leitura encenada junto dos utentes da APPACDM.

O preço dos bilhetes para Sexto é de cinco euros e todas as receitas de bilheteira revertem para as atividades da associação.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *