Cultura, Póvoa de Varzim

Retratos de Alex Gozblau foram tema de conversa no Correntes d’Escritas

Tiago Gomes, Uberto Stabile e Gilda Nunes Barata foram os protagonistas de uma conversa que decorreu, ontem à tarde, a propósito da exposição “Vidas de Papel” de Alex Gozblau, patente na sala Grades das Galerias Euracini 2.

E foi rodeados pelos retratos de Alex Gozblau que os escritores fizeram a sua abordagem. Tiago Gomes falou das personalidades retratadas que conhecia e partilhou histórias de vida de algumas delas, Uberto Stabile criou e leu a sua história a propósito dos artistas, escritores e cantores representados e Gilda Nunes Barata fez a sua comunicação centrando-se na escritora e jornalista Clarice Lispector.

Alex Gozblau não pode ser dissociado dos seus desenhos e das suas ilustrações. É inconfundível o seu traço certeiro e assertivo e quase instintivo. Impossível não reconhecer os seus trabalhos com um simples olhar. Para além de todos os seus projetos de ilustrador de livros, revistas ou jornais, Gozblau, entreteve-se a dar uma vida de papel a artistas, escritores, cantores que, de alguma forma, o marcaram.

São alguns desses retratos que se apresentam nesta exposição como por exemplo de Mário Cesariny, Cesário Verde, Virginia Woolf, Fernando Pessoa, Sérgio Godinho, Manuel António Pina, Ezra Pound e Joyce Carol, entre muitos outros.

Veja a fotogaleria.

Acompanhe o 20º Correntes d’Escritas no portal municipal e no facebook Correntes. Consulte o programa completo do evento e fique a par de todas as novidades.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *