Destaque, Porto de Mós, Sociedade

Combatentes da 1ª Guerra homenageados em Porto de Mós

No passado dia 3 de novembro Porto de Mós assistiu às Comemorações dos 100 Anos do Fim da I Guerra Mundial (1914 – 1918) com um programa que decorreu durante todo o dia.

A manhã iniciou com a inauguração da Exposição “Memórias de Porto de Mós na I Guerra Mundial”, presidida pelo Vice-presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, Eduardo Amaral.

A exposição estará patente no Cineteatro de Porto de Mós de 3 a 30 de novembro e inclui vários expositores do Museu Militar de Lisboa – Direção de História e Cultura Militar, objetos e documentos do Museu e do Arquivo Municipal de Porto de Mós, registos fotográficos e manuscritos, cedidos pelos familiares dos combatentes e, ainda, um documentário com relatos de guerra e comentários.

De seguida deu-se início ao colóquio com o tema “A Grande Guerra”, presidido pela Presidente da Assembleia Municipal de Porto de Mós, Clarisse Louro e moderado pelo Subdiretor do Centro de História da Universidade de Lisboa, Prof. Doutor José Varandas.

A manhã encerrou com a apresentação do livro “Combatentes Portomosenses na I Guerra Mundial (1914-1918)”, uma compilação dos portomosenses que lutaram na I Grande Guerra, com registo de documentos e fotografias. A obra foi apresentada pelo Vereador da Cultura, Eduardo Amaral e pela técnica do Museu Municipal, Luísa Machado.

Seguiu-se a Inauguração do Memorial aos Combatentes Portomosenses na I Guerra Mundial (1914-1918), no Largo João Filipe Guerra, ao início da tarde, onde constam os nomes de todos os portomosenses que lutaram neste conflito.

A cerimónia contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, Jorge Vala, do Major Silvino Damásio Ferreira, em representação do Presidente da Liga dos Combatentes, do Major Carlos Emanuel Saraiva Laurance, em representação do Comandante do Regimento de Artilharia Nº4, do Diretor da Direção de História e Cultura Militar, Major-general Aníbal Flambó e do Sargento-ajudante da Armada, José Conteiro.

Após esta cerimónia iniciou-se o segundo painel de oradores do colóquio que encerrou com a apresentação do filme “Soldado Milhões”, cujo enquadramento foi apresentado pelo Diretor da Direção de História e Cultura Militar, Major-general Aníbal Flambó.

 

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *