Cultura, Óbidos

” O Festival Literário Internacional de Óbidos tem sido um milagre” – Marcelo Rebelo de Sousa

“O FOLIO tem sido um milagre e só é possível um milagre na base da utopia.” A frase é de Marcelo Rebelo de Sousa que ontem, 3 de Outubro, esteve presente no FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos, numa vinda sem aviso prévio, para visitar o festival e assistir ao concerto de música tradicional dos “Roncos do Diabo”.

Para o Presidente da República, o FOLIO é um milagre, “porque é feito de poucos ou nenhuns apoios, porque é feito com a iniciativa da própria autarquia, da população, daqueles que dão a vida do ponto de vista cultural, daqueles que aparecem e conseguem converter aquilo que não pode morrer num grande sucesso”. Marcelo Rebelo de Sousa assegura ainda que está “muito feliz, porque havia quem temesse esta edição perante os contradimentos e as dificuldades”, mas ela aí está “e é um sucesso”.

No que diz respeito ao festival, o Presidente da República explica que o FOLIO é muito mais do que livros. “Começou por ser livros, depois passou a ser livros e artes plásticas, depois música, depois vivência humana…”, afirma, concluindo que em Óbidos há “a capacidade humana de recriar, que é própria da Cultura e a Cultura não é só feita de livros, passa por tantas outras manifestações populares”. E nesse aspeto, Marcelo Rebelo de Sousa considera que o FOLIO conseguiu ser equilibrado em termos de programação. “Para os que consideravam que podia ser erudito a mais, conseguiu ser erudito e popular, se é que há alguma oposição entre o que é mais erudito e o que é visceralmente popular”, questionou.

O Presidente da República afirmou igualmente que “Portugal e os portugueses têm sonhado e é esse sonho que se converte em vida”, sendo isso “que dá sentido à nossa maneira de ser, à nossa História, ao nosso passado, presente e futuro”. Em Óbidos, e no FOLIO, “a utopia e o sonho têm sido um pretexto para fazer a ponte entre o passado e o futuro”.

O Presidente da República aproveitou a vinda a Óbidos para, mais uma vez, passar pelas livrarias e para um contacto direto com os visitantes do FOLIO e participantes do festival. “Para o ano cá estarei outra vez e estarei mais tempo”, prometeu o Presidente da República.

 

 

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *