Desporto, Torres Vedras

Santa Cruz Ocean Spirit regressa de 20 a 29 de julho a Torres Vedras

O Santa Cruz Ocean Spirit – Festival Internacional de Desportos de Ondas está de regresso a Santa Cruz de 20 a 29 de julho, trazendo consigo novidades quanto ao seu formato, mas continuando a salvaguardar aquilo que está na sua génese: os desportos de ondas. Esta é já a 12.ª edição deste festival e arranca de ontem a um mês.

Desporto

A “prova-rainha” do Festival, Noah Eurosurf Junior, decorre de 20 a 29 de julho, 20 anos depois de ter estado nas águas de Santa Cruz. Consigo promete trazer cerca de 250 participantes que irão representar 15 seleções nas três modalidades lhe dão forma: surf, bodyboard e longboard. O destaque vai para a seleção portuguesa, que se sagrou campeã europeia em Marrocos, em 2016, nos escalões sub-14, sub-16, sub-18 e sub-18 feminino, tendo recebido ainda o título por seleções, assim como para a presença das seleções francesa, espanhola e marroquina.

Já o Internacional de Skimboard de Santa Cruz 2018, a maior prova europeia da modalidade, decorre nos dias 21 e 22 de julho. A prova do Campeonato Internacional de Skimboard já conta com vasta tradição em Santa Cruz, tendo chegado a Portugal em 2003 e ficado na costa Oeste até aos dias de hoje, com os fãs da modalidade a encherem o areal para ver aqueles que são os melhores skimboarders europeus e mundiais.

21 de julho é dia de assistir às manobras do Santa Cruz Fun & Session Kayaksurf e Waveski Special Event. As modalidades de kayaksurf e waveski, com grande tradição na história do Santa Cruz Ocean Spirit, prometem trazer um verdadeiro espetáculo às águas de Santa Cruz, numa organização da Federação Portuguesa de Canoagem e da Kayaksurf.net. Com um prize money de 500 euros a distribuir pelos três primeiros classificados de cada disciplina, o segmento competitivo, aberto a federados e não-federados, conta com uma duração máxima de 45 minutos por disciplina onde podem entrar todo o tipo de kayaks e waveskis monolugar. O segmento não-competitivo é também aberto a federados e não-federados, a quem o júri irá atribuir os troféus para Best Wave, Best Rookie, Best Wipeout e Best CLUB. Com uma duração máxima de 45 minutos, podem também participar todo o tipo de kayaks e waveskis monolugar.

Ainda no plano desportivo, destaque para a realização da 4ª etapa do Campeonato Nacional de Bodysurf. Este é o 4º ano consecutivo em que Santa Cruz recebe a realização de uma etapa do circuito, a 28 e 29 de julho. Os moldes serão os mesmos, com a prova a decorrer num dia, tendo dois dias de período de espera. Uma das grandes novidades deste ano é o lançamento do Bodysurf Pro Junior, a decorrer nas mesmas datas do circuito principal. Cada prova irá contar com oito atletas sub-18 e todos têm de ser federados. As inscrições podem ser feitas em www.bodysurfportugal.com

O surf adaptado volta a estar em destaque na programação do Santa Cruz Ocean Spirit, com a manhã do dia 25 de julho dedicada à atividade promovida pela Surf Addict, que contará com a participação de alunos da Associação para a Educação de Crianças Inadaptadas de Torres Vedras – APECI. Sublinhe-se que o Festival Internacional de Desportos de Ondas volta a contar com a parceria da Associação Sealand Santa Cruz.

Música

Se os dias começam no mar, com as competições a decorrer desde manhã, o Santa Cruz Ocean Spirit conta ainda com muita animação naquele que é o espaço próprio do Festival – a Aldeia Neptuno. Com o objetivo de aprofundar a ligação do evento ao comércio e às comunidades locais, o programa contempla um vasto conjunto de artistas locais que prometem animar os sunsets, entre as 19h30 e as 21h, assim como as noites de 21 a 26 de julho, subindo ao palco principal às 22h. Durante estes dias, de 20 a 26 de julho, o recinto fecha portas à meia-noite, revelando um esforço em fazer “mais e melhor” do Festival através das alterações ao formato do evento.

Mas os destaques da animação musical estão guardados para o último fim-de-semana, com os concertos a acontecer, pela primeira vez na história do Santa Cruz Ocean Spirit, no Aeroclube de Torres Vedras. É Armandinho quem começa por subir ao palco, a 27, seguindo-se Marcelinho da Lua. Os dois artistas, há muito ansiados pelo público do Festival, prometem animar da melhor forma uma noite que só termina às 3h. O mesmo acontece no sábado, dia 28, data em que a animação musical está entregue a The Black Mamba e ao DJ João Dinis.

O Santa Cruz Ocean Spirit 2018 tem entrada gratuita todos os dias, exceto nos dias 27 e 28 (sexta-feira e sábado) que têm entrada paga. O bilhete diário custa 7 euros e o livre-trânsito para as duas noites pode ser adquirido por 10 euros. Os bilhetes estão à venda nos Postos de Turismo de Torres Vedras e de Santa Cruz, no Secretariado do Santa Cruz Ocean Spirit (na Aldeia Neptuno), na sede da Promotorres E.M. (em Torres Vedras) e na Loja Torres Vedras. Os bilhetes podem ainda ser comprados online no sítio da Ticketline.

Um Festival com “Sê-lo Verde”

O Santa Cruz Ocean Spirit afirma, mais uma vez, as suas preocupações ambientais, apresentando o “Sê-lo Verde”. O Município de Torres Vedras assinou o contrato com o Ministério do Ambiente que traz o Programa de volta ao Festival, financiando medidas como a monitorização da qualidade das areias, as casas de banho ecológicas, a atividade “Beata na praia não” e a tenda pedagógica.

As atividades de sensibilização e educação ambiental são, portanto, uma marca do evento, que este ano dedica o programa da sua tenda pedagógica ao tema “O Mar que Respiramos”. De volta a Santa Cruz estará ainda o Vaivém Oceanário, com a iniciativa do Oceanário de Lisboa a marcar presença no centro de Santa Cruz para dinamizar atividades em torno da educação ambiental.

Os mais pequenos podem ainda experimentar modalidades como o stand up paddle – SUP – e o kayak, usufruindo das happy hours que irão dar cor à piscina da Aldeia Neptuno, que conta ainda com uma parede de escalada e um trampolim. Para os graúdos estão reservadas as aulas de yoga, alongamentos e pilates orientadas por técnicos de associações e projetos locais ao final do dia.

Sublinhe-se ainda que o Festival continua a afirmar a sua vertente social, adotando o sistema ColorADD, que permite a inclusão de todos os banhistas que não identificam corretamente as cores (os daltónicos), em diversos suportes de comunicação, visibilidade e informação, assim como reunindo todas as condições para receber a visita de pessoas com mobilidade condicionada.

 

O Santa Cruz Ocean Spirit é uma organização da Câmara Municipal de Torres Vedras e da Promotorres EM. O evento conta ainda com a Vimeiro como patrocinador; apoio à divulgação da Grafivedras, Kayaksurf.net e Meo Beachcam; parceria da Cruz Vermelha, Oceanário de Lisboa e Associação Sealand; certificação ambiental do Ministério do Ambiente (Fundo Ambiental) e Sê-lo Verde; merchandising oficial: Mar Gifts; televisão oficial: Fuel TV; outros apoios: Turismo do Oeste, Oeste Portugal e Green Destinations.

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *