Saúde, Seia

Município de Seia parceiro da ARSC pela promoção da alimentação saudável e da atividade física

Atividade Física

O Município de Seia é um dos parceiros envolvidos na operacionalização da Estratégia Integrada para a Promoção da Alimentação Saudável e Promoção da Atividade Física, através da participação em vários projetos que nesse âmbito vão ser implementados pela Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), I.P.

O protocolo de cooperação que estabelece essa participação foi assinado a 4 de junho, pela vereadora da Câmara Municipal, Margarida Nereu, pela Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, e pela presidente da Administração Regional de Saúde do Centro, Rosa Reis Marques, no decurso de uma sessão que decorreu na sede da Cruz Vermelha Portuguesa, em Lisboa, com a presença do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, e do Diretor-Geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus.

No âmbito do acordo, a autarquia senense vai colaborar na implementação de um conjunto de medidas que têm como principais objetivos modificar a oferta alimentar de determinados alimentos, em particular os que apresentam elevado teor de açúcar, sal e gordura, incentivando a escolhas alimentares saudáveis, com a consequente melhoria do estado nutricional dos cidadãos, que associado à prática de atividade física, tem impacto direto na prevenção e controlo das doenças crónicas.

A avaliação de projetos como “pão.com”, “sopa.come” e ”tãodoce.não” e a sua implementação nos refeitórios escolares sob a gestão municipal são algumas das iniciativas a desenvolver. O incentivo à adoção de boas práticas alimentares nas escolas, com base no Programa Nacional de Promoção de Alimentação Saudável, é transversal aos projetos “lanches.come” da Administração Regional de Saúde do Centro, na promoção de coffee-break saudáveis, e “vending.saúde”.

Informar e capacitar, através de ações de formação, profissionais da autarquia, escolas e das IPSS do concelho e a implementação de projetos de luta contra a obesidade são outras vertentes contempladas no acordo.

O protocolo incide também na promoção da prática de atividade física, de acordo com o Plano de Ação Nacional para a Atividade Física, implementando em articulação com as Unidades de Saúde pública da ARSC, entre outras iniciativas, projetos como o “salta.acorda”, “Crescer káfora” e “Escola de Verão” nas escolas do primeiro ciclo.

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *