Destaque, Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Seniores da Póvoa de Lanhoso celebraram missa campal em honra de Maria

Missa campal senio

Cerca de 220 pessoas participaram na missa campal sénior que a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso promoveu na manhã desta quinta-feira, dia 10 de maio, no cenário idílico que envolve o centenário Carvalho de Calvos. O objetivo foi assinalar o chamado Mês de Maria (maio).

O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Avelino Silva, também não faltou, assim como alguns Presidentes de Junta, pessoal técnico dos Centros de Convívio e IPSS’s participantes e o Provedor do Idoso.

Esta iniciativa realizou-se pelo segundo ano consecutivo, dando resposta a anseios de utentes das já referidas entidades, as quais desenvolvem a sua atividade junto dos/as Povoenses com mais idade.“Sabemos que este é um momento especial para os nossos seniores e, por isso, tínhamos de partilhar com eles a presença neste ato religioso, cheio de significado para esta população, em especial”, salientou o autarca, no final da eucaristia.

A celebração foi conduzida pelo padre Albino Carneiro, tendo contado com o acompanhamento do grupo coral do Centro Social e Teresiano de Verim.

Aurora Vasconcelos, do Centro de Convívio de Vilela, não escondia alguma emoção, no final da celebração, ao entoar o Avé Maria. “Foi uma cerimónia muito bonita. Gostei muito. É de manter e é importante. E também é o mês de Maria”, foi referindo.

Conceição Silva, do Centro de Convívio de Ferreiros, também se mostrou satisfeita. “Foi muito bonito. É o segundo ano que cá vimos e gostámos muito”, afirmou a primeira. “Gostamos de todas as atividades do Centro de Convívio, gostamos dos nossos monitores, divertimo-nos muito e estamos muito satisfeitas”, acrescentou. A seu lado, a amiga Cândida Silva, falou da importância desta eucaristia. “É especial por ser o mês de Maria”, resumiu.

A manhã esteve solarenga, com temperatura amena a aconselhar o uso de chapéu.

No final da eucaristia, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso ofereceu a todas as pessoas presentes um vasinho com uma planta aromática, proveniente do próprio Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *