Alcoutim, Cultura

Café D’Alma dão concerto em Alcoutim

“Entre o tradicional e o fado, passando pela música de cabaret e o flamenco, tudo serve de desculpa para juntar mais umas notas e contar mais uma história.”, é assim que a banda se define.

Café D’Alma nasce em 2013 pelas mãos do guitarrista e compositor Nicholas Ratcliffe cuja vontade de explorar as raízes da música portuguesa há muito se manifestava. Nesse vasto universo, que compõe a música lusitana, quis que o fado, o folclore e a canção coexistissem procurando uma nova linguagem musical.

Ao conhecer Nádia Sousa, a voz do projeto, a cumplicidade sentida foi uma agradável surpresa e dela resultaram novas sonoridades que enriqueceram o material existente, deixando intacto e sempre presente o estilo português. Ao fado, folclore e canção juntava-se agora, entre outros, um cheirinho a cabaret, flamenco e música clássica.

A feliz afinidade levou o dueto a querer alargar o naipe tímbrico procurando músicos e explorando os instrumentos que melhor se adequassem.

Juntam-se assim ao dueto Bárbara Santos, uma jovem e talentosa violoncelista, Jaime Ferreira, baixista, e Sandrine Cleménte, no acordeão.

Os meses que se seguiram foram dedicados à composição de novos temas e à gravação do álbum de estreia que sairá brevemente.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *