Cultura, S. João da Madeira

Silêncio, que se vai cantar o fado em S. João da Madeira

Ângelo Oliveira, Cristina Moleira, Teixeira de Sousa e Teresa Oliveira são quatro sanjoanenses com uma grande paixão pelo fado. Ao longo dos últimos anos, eles têm animado diversos espaços públicos da sua cidade e da região, interpretando este género musical genuinamente português. Agora vão subir ao palco dos Paços da Cultura de S. João da Madeira.

Com lotação esgotada, o espetáculo está marcado para esta sexta-feira, 2 de março, às 21h30. Trata-se do segundo momento do projeto “Somos Nós”, lançado pela Câmara Municipal de S. João da Madeira.

O objetivo deste ciclo de atuações é apresentar, ao longo do ano, o que de melhor se faz na cidade, explorando toda a dimensão criativa da comunidade, que tem a oportunidade de subir ao palco e mostrar o seu talento em espetáculos com entrada gratuita.

É isso precisamente que vai acontecer nesta sexta-feira à noite, com este grupo de sanjoanenses que assume o fado como “uma paixão” e que junta quem, como Cristina Moleira, apenas começou a cantar em público em 2014 e quem, como Teixeira de Sousa, já tem “uma história longa no fado”.

Experiente é também Ângelo Oliveira, que confessa que o fado lhe “está nas veias, sendo mesmo uma espécie de tradição familiar, ou não fosse a sua filha Teresa Oliveira outra das intérpretes deste espetáculo, dando continuidade a uma paixão que já vem do seu avô paterno.

Depois da atuação da Banda de Música de S. João da Madeira no último fim de semana, o fado dá, assim, continuidade ao ciclo “Somos Nos”, que tem como palco os Paços da Cultura da cidade, que se assumem, desta forma, como lugar de expressão artística da comunidade sanjoanense, cumprindo aquele que é um dos seus desígnios primeiros.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *