Porto de Mós, Sociedade

Ministro da Agricultura visitou Porto de Mós

O lugar de Bouceiros, freguesia do Alqueidão da Serra, foi palco de visita do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos e do Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel João de Freitas, no âmbito dos trabalhos de limpeza de faixas de gestão de combustível junto dos aglomerados, no âmbito da Defesa da Floresta Contra Incêndios.

A comitiva, acompanhada pelo Presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, Jorge Vala, pelo Presidente do Conselho Diretivo do ICNF, Rogério Rodrigues e pela Diretora do Departamento de Conservação da Natureza e Florestas de Lisboa e Vale do Tejo, Maria Jesus Fernandes, teve oportunidade de ver in loco a realização dos trabalhos de limpeza, assim como o resultado dos mesmos.

O Presidente do Conselho Diretivo do ICNF, Rogério Rodrigues, explicou a aplicação prática da Lei nº114/2017, de 29 de dezembro, nos termos do disposto no artigo 153º – Regime excecional das redes secundárias de faixas de gestão de combustível, e aproveitou a oportunidade para esclarecer algumas situações que têm suscitado dúvidas junto dos proprietários, nomeadamente a distância entre árvores e a necessidade ou não de corte de algumas delas.

A visita teve continuação em Bezerra, Serro Ventoso, onde a Câmara Municipal de Porto de Mós se encontra a proceder a trabalhos de limpeza num dos mosaicos complementares, com uma área de 39,83 hectares.

A execução deste trabalho acontece no âmbito da candidatura “Abertura de mosaicos de parcelas de gestão de combustível complementares da rede primária a instalar em Porto de Mós”, do POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência do Uso de Recursos, financiada a 85% e que abrangerá 54,74 hectares, num investimento total de 52 919,44 €.

De referir que o prazo de limpeza dos terrenos termina a 15 de março. Até lá, a Câmara Municipal de Porto de Mós encontra-se a realizar sessões de esclarecimentos e sensibilização aos proprietários.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *