Desporto, Seia, Turismo

Oh Meu Deus – Ultra trail Serra da Estrela e UP-HILL reforçam atratividade turística de Seia

Conhecedores do enorme potencial da serra da Estrela e de Seia alavancada no turismo de natureza, assim como do crescente interesse no pedestrianismo e na prática do desporto, a Câmara Municipal tem vindo a materializar um conjunto de produtos estratégicos com esta abrangência, de que constituem exemplo os Caminhos de Montanha (rede de percursos pedestres com mais de 100km), mas também iniciativas como o “Oh Meu Deus – Ultra trail Serra da Estrela”, que se realiza em Seia desde 2014, a que este ano se junta o grande evento UP-HILL.

As iniciativas foram apresentadas esta quarta-feira (dia 21 de fevereiro) no CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela, pelos seus promotores, a Câmara Municipal de Seia, a União das Freguesias de Seia, São Romão e Lapa dos Dinheiros e a empresa Horizontes, numa conferência de imprensa.

A antecipar o momento, “numa ação de complementaridade e cumplicidade com os diferentes agentes do território”, como assim referiu o Presidente da Câmara, Filipe Camelo, decorreu uma reunião com os agentes turísticos locais.

A 8ª edição do “Oh Meu Deus – Ultra Trail Serra da Estrela” acontece em Seia de 8 a 10 de junho e terá como principais novidades a inclusão de mais uma distância de 40 km a juntar ao 160km, portanto K200, assim como a introdução do k50, que na essência é uma união das provas k40 e k70. Trata-se de “uma afinação que procura ir de encontro aos interesses dos participantes”, tornando o evento mais desafiante e atrativo, conforme na ocasião referiu Paulo Garcia da empresa Horizontes.

O desafio dos k200 é dirigido aos atletas que concluírem o k160 dentro de 34 horas, após o qual se podem aventurar no k40. Se os finalistas das 2 distâncias (OMD200) terminarem no limite das 44 horas impostas pelo regulamento serão declarados “Viriatos”.

Para além do OMD 200 e k50, o evento, que já tem assegurado a participação de atletas de 8 países diferentes, integra ainda uma prova de trail de 20 km e uma outra de ultra endurance de 100km.

Com uma forte participação de atletas, de vários pontos do mundo, Filipe Camelo, evidenciou, na altura, as mais-valias destas iniciativas para o concelho, que em conjunto com outros eventos e políticas municipais, têm permitido combater a sazonalidade e potenciar o território durante as quatro estações do ano, com evidências positivas na economia local. A este respeito relembrou o estudo que o observatório da Escola Superior de Turismo e Hotelaria elaborou para o Oh Meu Deus em 2016, que viria a revelar um impacto económico direto para a região na ordem dos 600 mil euros.

Conjugando o espírito de aventura na natureza, o turismo e o desporto, e com o grande objetivo de reforçar a atratividade do território, potencializando a sua visitação em períodos do ano de menor afluência turística, como frisou o autarca senense, ao “Oh Meu Deus” juntam-se este ano o evento UP-HILL, uma semana dedicada à montanha e ao desporto outdoor, que congrega três iniciativas desportivas distintas.

As atividades acontecerão em setembro e congregam a “subida dos tubos”, a mais mediática de todas as provas, que utilizando os trilhos da Cascata da Serra da Estrela ligará Vila Cova à Coelheira à Lagoa Comprida, num total de 15km e com um desnível positivo de 1500m. A subida de Seia à torre sem carros foi anunciada como a prova mais popular e apetecível, que provavelmente atrairá um maior número de participantes. Por último, mas não menos interessante, foi apresentada a subida de Alvoco da Serra à Torre, que utilizará a Rota do Pastoreio, uma das 14 rotas pedestres dos Caminhos de Montanha.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *