Póvoa de Varzim, Sociedade

Câmara da Póvoa de Varzim investe na relação com os munícipes

Na reunião do executivo realizada ontem, 23 de janeiro, o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, informou que está prevista para janeiro de 2019 a abertura o Centro de Atendimento Municipal (antiga Garagem Linhares).

Neste sentido, explicou que este, “além de um novo edifício sob o ponto de vista físico vai também ser uma nova forma dos munícipes e todos os que precisam de lidar com o Município o fazerem. Por isso, estamos a caminhar no sentido da autarquia digital de modo a que todos os procedimentos estejam disponíveis através das nossas diversas plataformas como forma de facilitar a vida a todos e podermos fazer melhor o nosso trabalho, ou seja, fazer com que os munícipes sejam melhor atendidos, mais rapidamente tenham os seus problemas resolvidos. Todo o tipo de processo vai ser possível ser tratado a nível digital. Em paralelo, sem esquecer as pessoas que não utilizam essas ferramentas, será possível continuar a relacionar-se connosco da mesma forma.”

Ainda a este propósito, o autarca acrescentou que “vamos aproveitar esta oportunidade de mudarmos de casa para mudarmos também de procedimentos. Nesta fase, estamos a preparar quer os nossos funcionários quer o nosso sistema para que possa acolher todas essas melhorias. Vamos fazê-lo ao longo deste ano”.

Aires Pereira revelou que “no próximo mês, vamos dar início ao funcionamento dos Pontos Descentralizados de Atendimento ao Cidadão: simultaneamente, em todas as freguesias do concelho da Póvoa de Varzim, para além da Loja do Cidadão, vai ser possível as pessoas tratarem de todas as questões relacionados com o Município”.

A título de exemplo, o edil referiu que “desde logo, vai minimizar o transtorno que o atraso no serviço dos CTT tem causado na entrega das faturas da água e que tem obrigado as pessoas a deslocarem-se à Loja do Ambiente ou Tesouraria da Câmara para efetuar a liquidação. Através deste sistema, na própria freguesia, as pessoas dirigem-se à Junta de freguesia, onde está instalada a Loja do Cidadão e a Loja de Atendimento do Município e podem efetuar essa liquidação”.

O executivo aprovou o Regulamento do Orçamento Participativo Jovem (OPJ) 2018, que pode ser consultado aqui. Sobre este assunto, o Presidente transmitiu que “este OPJ vem de encontro às primeiras dificuldades que sentimos quando fizemos o primeiro apuramento dos projetos participativos jovens. Desde logo a questão da limitação da verba, sendo que no primeiro não podiam haver projetos com valor superior a 10 mil euros, o que limitou muito a apresentação de projetos mais estruturados. Neste sentido, agora será possível apresentar um projeto para o valor total de 30 mil euros”. Houve ainda uma antecipação no lançamento do concurso sendo que já está aberto o procedimento.

Aires Pereira referiu que “temos vindo a ajustar áquilo que os jovens nos têm dito que são as dificuldades que têm no Regulamento. Fomos ao encontro das sugestões que nos fizeram no dia em que fizemos o apuramento dos vencedores”.   

Foi ainda aprovado o contrato-programa com a Real Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim para apoio financeiro no valor de 90 mil euros. O Presidente esclareceu que, além deste montante, “damos também o apoio para as obras e aquisição de viaturas. A Câmara também participa no Natal do Bombeiro atribuindo uma verba igual à que foi angariada em todo o concelho. Temos um relacionamento muito próximo com os Bombeiros porque tenho consciência que se não tivermos voluntários será um serviço que custará muito mais aos cofres municipais”.

Se precisa de uma empresa de SEO para posicionar melhor o seu site? Contacte a Livetech

Marque uma consulta de nutricionista no porto para melhorar a sua qualidade de vida

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *