Educação, Porto de Mós

Porto de Mós na linha da frente no combate ao insucesso escolar

Ontem, dia 15 de janeiro, pelas 17h00, na Biblioteca Municipal, teve lugar a apresentação do Plano Inovador de Combate ao Insucesso Escolar, que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Jorge Vala, e da Vereadora da Educação, Telma Cruz, que apresentou o projeto.

Este plano surge no âmbito de uma candidatura apresentada pela Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria – CIMRL, através da dinamização de 7 atividades, todas de caráter intermunicipal, envolvendo os 10 municípios, onde Porto de Mós se enquadra.

O Município de Porto de Mós será a entidade executora da atividade “Sim (também) sou capaz”, que consiste na criação de equipas multidisciplinares que assegurem respostas multinível de reforço ao apoio aos alunos.

O Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar será aplicado durante dois anos letivos e tem como objetivo aumentar as intervenções, que de forma integrada e articulada favoreçam as condições para o reforço da igualdade no acesso ao ensino, para a melhoria do sucesso educativo dos alunos e para o reforço da qualidade e eficiência do sistema de educação.

Uma das principais dificuldades sentidas na promoção das estratégias de aprendizagem reside na falta de tempo e de recursos para apoiar os alunos com dificuldades de aprendizagem, quer na sala de aula, quer no apoio técnico, essencial para a deteção e intervenção em casos com dificuldades específicas de aprendizagem, nomeadamente, terapia da fala, psicologia e/ou apoio social. Estas dificuldades vão-se agravando à medida que os alunos avançam na escolaridade.

Assim com o Plano de Combate ao Insucesso Escolar pretende-se uma atuação precoce nas dificuldades de aprendizagem.

Atualmente regista-se uma taxa de sucesso de 90%, mas o objetivo é chegar aos 100%. Para isso, será criada uma equipa multidisciplinar integrada constituída por técnicos com formação em áreas essenciais para a correta implementação das estratégias, cuja contratação está a cargo de cada autarquia que integra a CIMRL.

Neste sentido, a Câmara Municipal de Porto de Mós irá recrutar três técnicos nas áreas de psicologia, terapia da fala e educação básica. Estas equipas terão a responsabilidade de acompanhar, avaliar, implementar e gerir as atividades previstas no plano elaborado em articulação com o Agrupamento.

Conscientes das dificuldades que existem na realidade do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós, é do entendimento do Municipio de Porto de Mós colaborar e melhorar as condições de trabalho de alunos e profissionais de educação, motivo pelo qual serão hoje entregues 12 tabletes destinados a apoiar os alunos do terceiro e quarto anos das escolas de 1º Ciclo do concelho, no âmbito da disciplina de Programação que tanto contribui para o desenvolvimento das competências ao nível do pensamento computacional e do raciocínio lógico, fundamental no processo de aprendizagem.

Refira-se que o concelho de Porto de Mós foi dos primeiros concelhos do país a aderir a esta iniciativa a 100%, tendo iniciado no ano letivo 2015/2016 com as turmas de 3.º ano, alargando o projeto aos alunos do 4.º ano, em 2016/2017. Este ano letivo o projeto já abrange os alunos dos 3º, 4º e 5º anos de escolaridade.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *