Cultura, Guimarães

Guimarães acolhe jovens estrelas europeias no IV Festival Internacional de Guitarra

unnamed (32)

O Festival de Guitarra de Guimarães teve início em dezembro passado e prolonga-se até ao próximo fim de semana. Nesta segunda parte, e depois de grandes nomes como Judicaël Perroy (França), Dejan Ivanović (Croácia), Mak Grgić (Eslovénia, Ricardo Barceló (Espanha/Uruguai) e Nicola Montella (Itália), o IV FIGG 2017 volta com mais quatro concertos, sete masterclasses e vários workshops, com a apresentação do programa ‘FIGG Young Stars’, “promovido por jovens guitarristas europeus”, explica o diretor artístico, professor e guitarrista, Nuno Cachada. Estes jovens são promessas da guitarra clássica oriundos de Itália, Finlândia, Ucrânia, Bósnia-Herzegovina e Hungria, e vencedores de várias competições internacionais.

O IV FIGG 2017 enquadra-se numa plataforma europeia de cooperação entre 14 festivais internacionais de guitarra, designada “EuroStrings – European Guitar Festival Collaborative”. Trata-se da primeira plataforma europeia no setor da guitarra, criada em 2017 no âmbito de um projeto cofinanciado pelo programa Europa Criativa da União Europeia (UE). É em Guimarães que esta iniciativa se estreia através do FIGG, evento promovido pelo Conservatório da Sociedade Musical de Guimarães.

“Destacamos o crescimento exponencial na nossa oferta formativa como consequência da nossa adesão a esta plataforma pioneira na Europa e que em Portugal tem o FIGG como representante e primeiro festival aderente”, acrescenta Nuno Cachada.

Péter Girán (Hungria), Dmytro Omelchak (Ucrânia), Vedran Vujica (Bósnia – Herzegovina), Andrea Roberto (Itália) e Antero Pellikka (Finlândia) – são os vencedores de concursos internacionais. A estes juntam-se, como formadores de renome internacional, Dejan Ivanović (Bósnia-Herzegovina/Croácia/Portugal) e André Madeira (Portugal). Esta é uma oportunidade rara proporcionada aos eventuais interessados de poder assistir aos vários concertos, mas também de participar em atividades formativas de elevada qualidade como são as masterclasses e workshops.

A segunda fase do festival vai decorrer em vários locais da cidade de Guimarães, nomeadamente nos auditórios do Conservatório de Guimarães e Laboratório de Paisagem, bem como no Salão Nobre e Auditório da Associação Comercial e Industrial de Guimarães.

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *