S. João da Madeira, Sociedade

Câmara de S. João da Madeira prepara medidas de proteção à mobilidade

metronews-sem-imagem

O Presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira deu instruções aos serviços da autarquia para procederem ao “levantamento e caracterização de todos os atropelamentos ocorridos na cidade nos últimos 10 anos”.

No seu primeiro despacho de 2018, Jorge Vultos Sequeira determina que, no âmbito desse levantamento, a elaborar no prazo de 30 dias, sejam identificados e descritos “os locais das ocorrências, as suas causas e consequências e a dinâmica dos factos”.

Este trabalho será assegurado pela técnica municipal da Proteção Civil, com o acompanhamento do Vereador José Nuno Vieira, que tem a responsabilidade pela área do Trânsito e Mobilidade na autarquia sanjoanense.

Os resultados do levantamento serão depois analisados em conjunto com técnicos do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), “com vista à apresentação de medidas concretas de proteção da mobilidade”.

Esta decisão é tomada pelo Presidente da Câmara “tendo em conta a frequência com que ocorrem atropelamentos de peões no tecido rodoviário da cidade, especialmente nas vias de circulação centrais, e o alarme social que esta situação gera”. Uma situação que exige a adoção de “medidas adequadas e estruturais”.

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *