Cultura, Póvoa de Varzim, Sociedade

Em dia de Reis, não faltaram as Janeiras na Póvoa de Varzim

Em dia de Reis, não faltaram as Janeiras

No passado sábado, dia 6 de janeiro, o Museu Municipal manteve a tradição das Janeiras e recebeu os seguintes grupos: Rancho de Aver- o- Mar, Rancho Folclórico Casa do Povo de Aguçadoura, Rancho Folclórico Stª Eulália de Beiriz, Grupo Recreativo e Etnográfico “ As Tricanas Poveiras”, Centro de Desporto e Cultura Juvenorte, Grupo de Danças e Cantares “Os Camponeses de Navais”, Clube de Atletismo da Póvoa de Varzim, Leões da Lapa Futebol Clube, Associação Cultural e Recreativa da Matriz e a Banda Musical da Póvoa de Varzim.

Os poveiros não deixaram de assistir a este costume que atraí sempre muitas pessoas. O Museu Municipal estava cheio e contou com a presença da Vereadora do Turismo, Lucinda Delgado. No final, estes grupos saíram pelas ruas da Póvoa para cantarem as Janeiras e desejarem um feliz Ano Novo a todos. Quem andou na rua também teve a oportunidade de ouvir e de acompanhar as cantorias. Veja a fotogaleria.

Antigamente, as pessoas que cantavam as Janeiras recebiam as sobras das comidas das festas, porque na altura os bens alimentares eram escassos. Hoje em dia, quem canta as Janeiras são grupos de vizinhos ou associações que recebem muitas vezes bens monetários.

As músicas cantadas são do conhecimento de todos e, habitualmente, são quadras de louvor ao Menino Jesus, a Nossa Senhora, a São José e aos moradores e donos das casas que contribuem.

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *