Celorico de Basto, Sociedade

Dia Mundial da Pessoa com Deficiência celebrado em Celorico de Basto

_DSC1029

A Associação de Solidariedade Social de Basto celebrou, através da Valência do CAO, Lar Residencial e Residência Autónoma, o Dia Mundial da Pessoa com Deficiência com o tema “Derruba barreiras e vive a diferença”. As cerimónias de celebração do Dia Mundial da Pessoa com Deficiência decorreram no dia em que esta data foi oficialmente instituída, ontem, 3 de dezembro.

“A celebração deste dia serve sobretudo para lembrar a toda a comunidade que as pessoas com deficiência são pessoas com direitos instituídos e consagrados, direitos esses que são fundamentais quando falamos em inclusão e pertença a uma mesma comunidade” disse o Presidente da Associação de Solidariedade Social de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Infelizmente ainda há muito preconceito, que afasta, muitas vezes, pessoas com algum tipo de deficiência, mas muito capazes, de trabalhos que executariam com toda a perfeição e profissionalismo, é preciso, urgentemente, acabar com este realidade e finalmente, perceber que todos têm lugar em comunidade”.

Durante a manhã, alguns utentes do CAO estiveram a trabalhar em pastelarias locais nomeadamente, na Artcake, nos Grilos, na kingstony, na Zelina e na Vila e mostram-se muito capazes na execução das tarefas que lhe foram entregues. Alguns clientes teceram rasgados elogios aos utentes e aos espaços que os acolheram.

“Os nossos utentes estiveram apenas algumas horas em contexto laboral mas foi o suficiente para que as entidades que os receberam percebessem que são capazes e que, se houver recetividade, estariam aptos para trabalhar” disse Marlene Silva, vice-presidente da ASSB, que coordenou as atividades do dia. “A inclusão em contexto laboral é fundamental, mas também é importante o direito à cultura, à educação, ao desporto, o direito a uma vida normal dentro das possibilidades, por isso, atuamos diariamente para que os nossos utentes se sintam incluídos e valorizados”.

À noite, decorreu o espetáculo “Derruba barreiras e vive a diferença”, um espetáculo que teve lugar no Centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa com vários momentos, todos diferentes, mas todos únicos, que deixaram a plateia rendida. O espetáculo iniciou com um making off do Desfile de moda “incluir está na moda”, um espetáculo que teve lugar no cineteatro dos Bombeiros Voluntários no dia 27 de outubro. De seguida, os utentes apresentaram uma dramatização da peça infantil “os três porquinhos, uma dramatização que procurou mudar a história do lobo Mau, “que na verdade não era assim tão mau”.

A festa continuou com uma aula de zumba ao som de “Mi gente” de J. Balvin e Willy william, protagonizada por uma menina com trissomia 21, com o intervalo a ser animado pelo Grupo de Teatro Celoricense que desenvolveu uma performance em interação com o público. Quase a terminar o espetáculo, utentes e colaboradores da instituição apresentaram uma coreografia ao som da música “Vente Pa’ca” de Ricky Martin. O espetáculo “Derruba barreiras e vive a diferença” terminou com uma pequena sessão de fogo de artificio à entrada do auditório onde ficou visível o logotipo da pessoa com deficiência, o símbolo de uma cadeira de rodas.

Importa ainda salientar que a Associação de Solidariedade Social de Basto desenvolveu um calendário para 2018 com as imagens tiradas aos utentes aquando do desfile de moda “incluir está na moda”, um calendário que está à venda na Associação, no CAO e no comercio local tendo uma dupla vertente, angariar fundos para a instituição e valorizar os utentes do CAO.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *