S. João da Madeira, Sociedade

Espetáculo solidário assinala Dia da Pessoa com Deficiência em S. João da Madeira

A Casa da Criatividade, em S. João da Madeira, será palco para um espetáculo solidário de valorização da diferença e da diversidade, a realizar este domingo, 3 de dezembro, Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. Com o título “A Cidade da Diversidade apresenta a Magia do Movimento”, tem início marcado para as 16h00 e é organizado pela Cerci e Câmara Municipal, em parceria com os agrupamentos escolares e diversas outras instituições sanjoanenses.

Como refere a organização, “todos se unem a esta corrente de entusiasmo e promoção da inclusão”, num evento em que “haverá diversidade de idades, diversidade de entidades, diversidade de tipos de apresentação (dança, canto, expressão, teatro, música) e diversidade de personalidades”.

Cada entrada terá o custo simbólico de 5 euros (plateia) e 4,5 euros (varandas), revertendo a receita a favor da CERCI de S. João da Madeira. Os bilhetes podem ser adquiridos na bilheteira online (https://cmsjm.bol.pt/), nos Paços da Cultura e, no dia do espetáculo, na Casa da Criatividade (em função da disponibilidade de ingressos nessa data).

O Dia Internacional das Pessoas com Deficiência comemora-se anualmente a 3 de dezembro. Esta celebração realiza-se desde 1998, ano em que a Organização das Nações Unidas avançou com a convenção sobre os direitos das pessoas com deficiência. A data tem como principal objetivo a motivação para uma maior compreensão dos assuntos relativos à deficiência e a mobilização para a defesa da dignidade, dos direitos e do bem-estar destas pessoas.

Em S. João da Madeira, a iniciativa conta com a participação, em palco, da Cerci, Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite, Agrupamento de Escolas João da Silva Correia, Agrupamento de Escolas Oliveira Júnior, Centro de Cultura e Desporto (CCD) de S. João da Madeira, Associação de Jovens Ecos Urbanos, Associação É Bom Viver, Associação Desportiva Sanjoanense (basquetebol), Associação Amigos das Danças, Associação de Bailado Liliana Leite, Armazém 4 e diversos técnicos e professores de forma voluntária.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *