Celorico de Basto, Sociedade

II Semana para Igualdade de Género de Celorico de Basto

cartaz igualdade de género

A Câmara Municipal de Celorico de Basto através do Gabinete Girassol e do Gabinete para a Igualdade de Género, promove a II Semana para Igualdade de Género, de 25 de novembro a 3 de dezembro, uma semana que pretende sensibilizar, esclarecer e incluir.

“É o segundo ano consecutivo que incidimos na temática da Igualdade de género, em muitos setores ainda uma utopia que merece ser vista e revista pelas entidades competentes e pela sociedade. A igualdade de género é fundamental para vivermos numa sociedade mais justa e equilibrada. Essa desigualdade é ainda, muito acentuada em alguns setores profissionais e na verdade, quando se fala em profissionalismo o género não deveria estar em causa mas as competências profissionais” disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

O autarca, a anteceder o arranque da II semana para a Igualdade de género, fez ainda referência às comemorações do dia Mundial da Pessoa com Deficiência apontando a urgência de “derrubar barreiras e viver a diferença com o sentido de inclusão bem patente onde todos têm o direito de pertencer a uma mesma comunidade de forma de igual para igual e todos somos responsáveis por incluir os que, por força do destino, têm alguma deficiência física ou cognitiva” disse.

Esta semana apresenta um programa amplo onde será destaque a Assinatura do Protocolo da Rede Integrada de Intervenção na Violência Doméstica, com parceiros  estratégicos que integram a rede. Um momento marcante para a consolidação efetiva do Gabinete Girassol que apresentará nesta semana um programa forte na sensibilização para a igualdade e alerta para a questão da violência em especial a violência contra as mulheres logo na primeira atividade.

“A igualdade de género continua a ser um alerta constante na sociedade pela questão da igualdade ainda ser mal compreendida quer por homens quer por mulheres” como referiu a Conselheira Municipal para a Igualdade, Helena Martinho e Costa. “ Em alguns setores a desigualdade é evidente e isso não é fator de desenvolvimento e empobrece as relações sociais respondemos a essa desigualdade com trabalho e determinação para mudar mentalidades. Esta semana será mais uma iniciativa que dará a conhecer realidades que nos deviam  envergonhar e importar como as vítimas de violência doméstica que acabam por se suicidar, serem assassinadas, realidades que nos fazem pensar, que nos fazem questionar, e é isso que se pretende” realçou.

Esta semana inicia no dia 25 com uma ação de rua “para a eliminação de todas as formas de violência contra as mulheres, em plena feira Anual da Sta. Catarina. No dia 27 irão decorrer sessões de informação intituladas “violência doméstica – Compreender para prevenir”. No dia seguinte, a 28 de novembro, será assinado o Protocolo “Rede Girassol” no teatro Bus, em frente aos Paços do Concelho. No dia 29, e voltando a questão da sensibilização irão decorrer ações Sensibiliz[Ar-te], no dia seguinte várias figuras do panorama politico irão participar numa tertúlia designada “Igualdade de Oportunidades na Política”.

A semana termina no dia 3 de dezembro com as comemorações do Dia Mundial da Pessoa com deficiência, promovidas pela Associação de Solidariedade Social de Basto, com a valência do CAO, que incluirá ações de rua e o espetáculo “Derruba as barreiras e vive a diferença”.

 

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *