Seia, Sociedade

Jornadas Históricas de Seia

“O Caminho faz-se Caminhando…Memória histórica dos 20 anos das Jornadas Históricas de Seia” foi o tema da 20ª e última edição das Jornadas Históricas de Seia, um projeto alavancado na partilha de conhecimento histórico e saber científico que, indiscutivelmente, reafirmou Seia enquanto polo de conhecimento e espaço de reflexão.

O culminar de duas décadas deste projeto, sempre pautado por um painel de conferencistas de reconhecido mérito científico e académico e por uma elevada participação do público, terminou este sábado (dia 18 de novembro), após uma jornada de dois dias e meio.

A sessão de encerramento ficou a cargo do Presidente da Câmara Municipal, Filipe Camelo, que uma vez mais evidenciou o sucesso deste projeto que, “pela permanente inovação e diferenciação, contribuiu para a atração de novos e diferentes públicos”, “uma obra imaterial” que, para além de outros atributos, “reafirma Seia como cidade associada ao conhecimento e saber”.

O número de inscrições, à volta de 100 participantes, na sua maioria oriundos de zonas distintas do país, são o reflexo do trabalho realizado e do sucesso afirmado.

De uma forma abrangente, esta edição fez uma retrospetiva a cada um dos temas centrais debatidos nos 20 anos das Jornadas Históricas, contando para isso com a participação de oradores de cada edição, desta vez sob a coordenação científica de Irene Vaquinhas.

Ainda, no decorrer da sessão de encerramento, a Câmara Municipal, num gesto simbólico de reconhecimento municipal, prestou homenagem ao Professor Doutor Catroga, pelo relevante contributo enquanto coordenador científico das Jornadas Históricas.

A reconstituição do que foram e do representaram no panorama científico nacional as Jornadas Históricas de Seia encontram-se sinteticamente retratadas na publicação “SEIA NA ROTA DA CIÊNCIA, Duas décadas: 20 anos de Jornadas Históricas”, livro da autoria do historiador Jaime Gouveia que foi lançado no âmbito desta edição.

Paralelamente ao programa de trabalhos, os 20 anos das Jornadas Históricas foram retratados em exposição, contando para o efeito com o espólio da Grande Loja Feminina de Portugal- Estrela de Alvorada de Viseu, do Museu do Brinquedo, do Museu Natural da Eletricidade e dos particulares Rui Veloso e da Agência Funerária António Simões & Irmão, Lda.
De destacar, igualmente, o concerto lírico “Noite de Encanto”, por Conceição Seabra e seus convidados que decorreu, na sexta-feira, na Casa Municipal da Cultura.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *