Cultura, Estarreja, Tecnologia

Biblioteca de Estarreja tem mais espaço para as famílias e livros digitais

DSC_0028 (2)

A Biblioteca Municipal de Estarreja (BME) fechou com chave de ouro as comemorações dos seus 13 anos, no último sábado do mês de outubro. A contadora de histórias Virgínia Millefiori abriu os livros mais arrepiantes numa sessão de contos dedicada à Noite das Bruxas, perante uma plateia cheia de olhares curiosos.

Pais, filhos, avós e netos, aderiram à emoção das histórias de infância, num total de cerca de 90 participantes, indo de encontro a um dos principais objetivos da BME, envolver as famílias para que usufruam deste espaço de conhecimento e cultura, ao mesmo tempo que se fomenta a leitura e o prazer de ler.

Na mesma noite, realizou-se a 5ª edição das Histórias em Pijama – Especial Halloween, com lotação esgotada, proporcionando a 30 crianças uma dormida diferente na Sala infantil para mais histórias assustadoras e cheias de travessuras.

A programação de aniversário da Biblioteca decorreu durante o mês de outubro, celebrando um percurso de 13 anos a democratizar o acesso à informação, ao conhecimento e a levar mais longe a leitura, conquistando cada vez mais leitores.

Um ecrã com dezenas de livros

Este aniversário ficou também marcado pela disponibilização de novos equipamentos para leitura digital (tablets e e-readers). Incentivando a leitura em diferentes formatos, a Biblioteca de Estarreja dá um passo inovador. Os 2 e-readers destinados a empréstimo domiciliário contêm uma variedade de ebooks desde lançamentos, best-sellers e outros títulos. O leitor pode requisitar um e-reader por um período de 28 dias, renovável caso não tenha sido objeto de reserva. Estão ainda disponíveis na Biblioteca 2 tablets para leitura presencial de publicações online.

A BME contabiliza 8726 utilizadores inscritos e uma média de 12.000 empréstimos anuais. É a entidade que coordena a Rede de Bibliotecas de Estarreja cooperando com as Bibliotecas Escolares, em prol de um catálogo coletivo que permite divulgar melhor todo o trabalho realizado, disponibilizando em rede mais de 102.000 documentos.

É por estes e por muitos outros motivos que o dia 9 de outubro de 2004 marca a história do concelho. Estarreja passou a ter um equipamento de qualidade dedicado à promoção da literacia e, sublinhe-se, acessível a todos sem distinção.

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *