Estremoz, Sociedade

Pela primeira vez em Portugal, o prémio “Goldener Korken” foi entregue a Estremoz

unnamed (19)

Foi entregue, no passado dia 15 de setembro, na Herdade dos Outeiros Altos, localizada em Estremoz, e pela primeira vez em Portugal, o prémio “Goldener Korken 2017”.

Este ano, a Herdade dos Outeiros Altos foi escolhida, a nível europeu, como a vencedora do prémio “Goldener Korken 2017”, sendo distinguida pelo tratamento especial que tem com a natureza e com as práticas de cultivo ecológico.

A distinção foi entregue aos produtores pela Weinloge, uma sociedade de apreciadores de vinho de todo o mundo, parceiros da Quercus, participantes do projeto Parceria Europeia para a Proteção da Biodiversidade na Viticultura, financiado ao abrigo do programa europeu Erasmus+, estando presente no ato o Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, Luís Mourinha, e pelo Presidente da Comissão Vitivinícola do Alentejo, Francisco Mateus.

Foi neste contexto que a Quercus tomou conhecimento das práticas ecológicas desta herdade, gerida em contexto familiar, mas com vinhos biológicos de grande qualidade, hoje reconhecida internacionalmente.

A adega da Herdade dos Outeiros Altos localiza-se na Herdade da Tapada Nova, União de Freguesias de Estremoz, e distingue-se pela produção de vinho através de práticas biológicas, onde se inclui a produção de vinho da talha de acordo com os parâmetros tradicionais.

O Município de Estremoz felicita a Herdade dos Outeiros Altos pela qualidade dos seus vinhos, elevando o nome da Cidade de Estremoz num patamar de qualidade no cultivo biológico e por ter contribuído para obter mais uma distinção para os vinhos de Estremoz!

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *