Cultura, Penafiel

Biblioteca Municipal de Penafiel assinalou os 150 anos de nascimento do poeta António Nobre

IMG_5096

A Biblioteca Municipal de Penafiel organizou, recentemente, um colóquio intitulado de “António Nobre: peregrinação de um poeta só”, para assinalar os 150 anos do nascimento do poeta natural do Porto e de referência na literatura portuguesa.

António Nobre tinha ligações a Penafiel, onde passava longos períodos na Casa do Seixo e em Casais Novos. O poeta publicou vários versos no “Comércio de Penafiel”, tendo em 1892, publicado a obra “Só”. Poemas como “António”, “Lusitânia no bairro latino”, “Viagens na minha terra”, “Certa velhinha”, “Males de Anto” também fazem parte da obra do autor.

O poeta português nasceu a 16 de agosto de 1867, no Porto. As suas obras enquadravam-se nas correntes ultra-romântica, simbolista, decadentista e saudosista do século XIX. Teve como influenciadores Almeida Garrett e Júlio Dinis. António Nobre faleceu aos 32 anos de idade, vítima de tuberculose pulmonar.

A iniciativa contou ainda com um momento de poesia, a cargo de Fernando Soares e acompanhado por Daniel Lemos.

Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *