Cultura, Montijo

Montijo com arte de Bordalo II

Bordalo II_Montijo_1

A Avenida dos Pescadores, no Montijo, ganhou um novo motivo de atração com a intervenção de arte urbana de Bordalo II. O artista deixou no Montijo a imagem de um burro, que se junta, assim, ao conjunto de outras intervenções que fazem parte da série Big Trash Animal.

Na Série Big Trash Animal, Bordalo II revela um olhar diferente sobre os hábitos consumistas e os problemas ambientais associados, através da criação de animais escultóricos gigantes, construídos com lixo.

Estas peças fazem parte de uma série de trabalhos onde as personagens principais são animais, construídos em grande escala no espaço público. É fácil e quase imediato relacionarmo-nos com estes animais, basta olhar ou ser olhado por eles.

Artur Silva, aka Bordalo II, nasceu em Lisboa, em 1987. Iniciou a sua prática artística na adolescência através do graffiti, utilizando o espaço público como plataforma para as suas intervenções. A dedicação com que se empenhou nesta escola ensinou-o a trabalhar em grande escala, a misturar formas e cores e a fundir o planeamento detalhado de uma ação com a espontaneidade momentânea.

Gradualmente foi transformando os seus hábitos e canalizando as suas vivências na construção e desenvolvimento do seu trabalho artístico, que se foca atualmente no questionamento crítico de uma sociedade materialista e gananciosa, da qual também faz parte. O consumismo exagerado, a produção excessiva de ‘coisas’, sejam elas material tecnológico ou simples produção de ‘lixo’ e de objetos rapidamente desaproveitados, são os temas centrais da sua produção artística.

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *