Albergaria-a-Velha, Sociedade

Festival Dos Modos Nascem Coisas em Albergaria-a-Velha abre inscrições para Mercado das Coisas

20708422_1479908245385772_2332031419560046266_n

Estão abertas as inscrições para o Mercado das Coisas do Festival de Fazedores de Artes – Dos Modos Nascem Coisas, que decorre entre 15 e 17 de setembro, na Alameda 5 de Outubro. Até ao dia 1 de setembro, artesãos, produtores agrícolas, designers, alfarrabistas e terapeutas, entre outros, podem inscrever-se em albergar-te.com/associacao/ficha-mercados e promover os seus produtos e serviços ao longo dos três dias do evento.

O Festival Dos Modos Nascem Coisas é uma coorganização AlbergAR-TE – associação cultural e Município de Albergaria-a-Velha e assenta numa plataforma de divulgação e formação das artes e dos ofícios, onde o público convive com artistas e criadores, emergentes e/ou de referência, em diversas áreas. Assim, pretende-se construir um tecido vivencial que assente numa trama inovadora de cruzamentos de vários modos de ver, de fazer, de sentir, de ser, de comunicar.

O festival inclui oficinas artísticas, teatro, música, circo, cinema, conversas e uma exposição de artes e ofícios contemporâneos. Em termos de espetáculos, destacam-se os concertos de Rão Kyao e da Orquestra (IN) Quieta, o circo contemporâneo “E-nxada” da Companhia Erva Daninha, o teatro “Mira Mira Miró” de Art’Imagem e a cerâmica em performance dos Desalinhados.

No Mercado das Coisas propõe-se promover um espaço de divulgação e de venda de artigos, produtos e projetos culturais, criativos e artísticos em cinco áreas diferenciadas: o Mercado Modos de Fazer (artesanato, artes plásticas, design e joalharia); o Mercado de Proximidade (produtos da terra, biológicos, ecológicos e regionais); o Mercado do Ser (massagens, Ioga, meditação); o Mercado do Usado (artigos vintage e de segunda mão, alfarrabistas); e o Mercado das Palavras (livros, discos, contadores de histórias, ilustração).

O regulamento do Mercado das Coisas pode ser consultado em albergar-te.com/associacao/regulamento-mercado-das-coisas

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *