Melgaço, Sociedade, Turismo

Solar do Alvarinho é o espaço mais visitado em Melgaço

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Solar do Alvarinho celebra hoje, dia 8 de agosto, o seu 20º aniversário. Desde então o espaço já recebeu 395. 286 visitantes, um número que revela o potencial do espaço ao mesmo tempo que eleva a qualidade do néctar da região, o Alvarinho. Para além dos vinhos alvarinho, o espaço permite conhecer outros produtos típicos, que aproxima quem visita, das raízes tradicionais e culturais das gentes de Melgaço. Para assinalar a data, Dário Rocha atua hoje no espaço, pelas 21h30.

O Solar do Alvarinho está instalado numa casa seiscentista, em plena zona histórica, também apelidado de ‘Edifício dos Três Arcos’. Inaugurado a 8 de agosto de 1997, no edifício que anteriormente albergava a Câmara Municipal e a cadeia, este espaço surgiu para suprir a necessidade de um local que promovesse e divulgasse o famoso vinho Alvarinho, alavancou o desenvolvimento e dinamização do meio rural, o incentivo à produção e comercialização do vinho Alvarinho, a divulgação e promoção do artesanato local e de outros produtos típicos, e ainda a divulgação das raízes tradicionais e culturais da região.

Para além de servir como montra de promoção e exposição de várias marcas de vinho Alvarinho, o Solar dispõe de informação diversa sobre este vinho e da sua região, bem como elementos relativos aos diferentes produtores; promove provas; vende artesanato, vinho Alvarinho e outros produtos típicos locais; organiza ‘Alvarinhos de Honra’ para grupos; visitas guiadas pelo concelho; possui exposições permanentes de pintura.

Percorrendo os seus dois pisos, encontra-se uma sala de provas, onde estão expostas todas as marcas de vinho Alvarinho produzidas no concelho; uma sala de reuniões para acolher palestras, reuniões e exposições temporárias; um bar de apoio que permite reconfortar o estômago com várias iguarias regionais e encontrar algumas raridades, como o Alvarinho fermentado em madeira, o espumante e a aguardente Alvarinho; e ainda uma loja onde é possível adquirir, para além do vinho, peças de artesanato (como bordados, rendas e linhos), presunto, enchidos, broa, mel e hidromel. Um sem fim de iguarias de fazer crescer água na boca. Melgaço é uma terra que celebra a vida e tudo o que ela tem de bom para o corpo e para o espírito.

Dados da Loja Interativa de Turismo de Melgaço demonstram que Melgaço é eleito por turistas nacionais e estrangeiros: 13.287 nacionais e 5.308 internacionais (dados relativos ao primeiro semestre de 2017). O Solar o Alvarinho é o espaço preferencial, com 4.724 visitantes. Segue-se a Porta de Lamas de Mouro – 4.147; a Torre de Menagem – 3.552; o Posto de Castro Laboreiro – 1.455; o Museu de Cinema Jean Loup Passek – 1.205; o Museu de Castro Laboreiro – 1.007; o Espaço Memória e Fronteira – 1.283; e Loja Interativa de Turismo – 1.222.

Estes números são o resultado de uma aposta clara da autarquia na qualidade dos espaços e do seu acervo. Em Melgaço é possível descobrir histórias únicas, contadas com o rigor histórico, mas com as novas tecnologias apelativas e sem dúvida cativantes para o visitante.

A Câmara Municipal convida todos a juntarem-se ao momento de celebração. No final haverá Alvarinho de Honra e depois a festa continua com o Melgaço em Festa*.

*Programa aqui!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *