Cultura, Póvoa de Varzim, Sociedade

“O Verão ConVida” a noites animadas na Póvoa de Varzim

unnamed (1)

“O Verão ConVida” proporcionou mais duas noites de muita animação na Póvoa de Varzim.

Na passada sexta-feira, 4 de agosto, a banda Ultraviolet Uncovers atuou na Praça da República. Durante cerca de duas horas, o grupo brindou o público com as suas músicas. Veja a fotogaleria.

A Associação Cultural e Recreativa da Matriz realizou, no passado sábado, o 17º Festival das Tradições. O evento, que animou o Largo do Passeio Alegre, contou com a presença da Vereadora Lucinda Delgado.

O evento teve a participação do Grupo de Zés Pereiras de Antas (Esposende), Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez (Lisboa), Grupo de Baile Galego “Ledicias – Amieiras” (Vigo – Espanha), Rancho da Velha Guarda do Folclore das Fazendas de Almeirim (Santarém) e Rancho Tricanas do Cidral. Veja afotogaleria.

Na sexta, 11 de agosto, prossegue a animação na Praça da República com artistas poveiros. A partir das 22h00, vão atuar Miguel Laranjeira e ASES.

Miguel Laranjeira nasceu em Moçambique, mas viveu quase toda a sua vida na Póvoa de Varzim. Músico e cantor atua a solo em todo o tipo de festas e também interpreta os mais variados géneros musicais.

Embora não sendo profissional da música, Miguel Laranjeira coloca toda a sua dedicação em cada trabalho musical e em cada atuação.

A sua experiência musical tem vindo a acumular sucessos em espetáculos variados e no trabalho em hotéis, bares e outras animações um pouco por todo o país.

Os A S E S são um grupo de hip hop da Póvoa de Varzim formado por 4 rappers – Back, Cricial, Kali e Zinho – que numa conversa de amigos decidiram gravar uma faixa em conjunto, faixa essa que acabou por dar o nome ao grupo, isto em Outubro de 2015, e desde de então que começaram a lançar uns sons soltos sem qualquer ideia definida até ao dia que se oficializaram como grupo e decidiram trabalhar num projeto que hoje já se encontra lançado. “Sem Tópicos” é nome do EP de 6 faixas, disponibilizado em formato físico e também nas diversas plataformas habituais, que conta com o trabalho de 5 produtores, um deles o Spliff, uma participação de Domingos Moça, e 2 videoclips em encargo da DeepCut, onde todos os cenários expõem da melhor forma a cidade de onde o coletivo é oriundo.

Sem tópicos ou sem trunfos os A S E S pretendem jogar com as cartas todas, pela mesma razão já se encontram a trabalhar num novo projeto mas até lá vão subindo aos palcos e fazerem-se ouvir cada vez mais alto…

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *