Lousã, Sociedade

Aldeia do Xisto da Cerdeira na Lousã acolhe gravações do filme “Pedro e Inês”

Filme-Pedro-e-Inês-768x512

A Aldeia do Xisto da Cerdeira, em plena Serra da Lousã, acolhe, entre hoje e domingo, as gravações do filme “Pedro e Inês”, uma longa-metragem do conimbricense António Ferreira, inspirada na lenda de D. Pedro e D. Inês e no romance “A Trança de Inês”, de Rosa Lobato de Faria.

A marcante e bela Aldeia do Xisto da Cerdeira – que integra as pré finalistas do concurso 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias, na categoria Aldeias Autênticas, cuja a gala de apuramento terá lugar no dia 6 de agosto na RTP, será palco desta produção que integra atores bem conhecidos do grande público como Diogo Amaral, Joana de Verona, Vera Kolodzig, João Lagarto e Custódia Gallego.

O filme é narrado do ponto de vista de um homem internado num hospital. Este homem acaba por ter visões, por estar sob o efeito de drogas. Nestas visões, ele recorda três vidas diferentes, de Pedro de Portugal, Pedro Santa Clara e Pedro Rey.

O filme decorre em três épocas distintas. Primeiro iremos conhecer a história de amor na época medieval. Em seguida acompanhamos o drama no tempo presente. E por último, viajaremos até ao futuro. Em todos estes momentos iremos encontrar os personagens de Pedro e Inês. E em todos estes tempos eles irão conhecer-se, apaixonarem-se e enfrentar os obstáculos que teimam em separá-los.

No âmbito das medidas de promoção do território, a Câmara Municipal da Lousã encontra-se a prestar um apoio importante a esta produção, entendendo que a mesma pode induzir a visitas ao território, nomeadamente à Serra da Lousã e às Aldeias do Xisto.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *